Saúde

A importância do teste do pezinho

Comentário(s) 06 junho 2016

O Dia Nacional do Teste do Pezinho, celebrado no dia 6 de junho, tem o objetivo de conscientizar as mães sobre a importância do teste.  Realizado entre o 3º e 30º dia de vida, o teste do pezinho detecta doenças metabólicas, genéticas e infecciosas, que podem causar lesões irreversíveis no bebê. A recomendação é que ele seja feito ainda na maternidade e não há contraindicação para a realização do teste, exceto em bebês desidratados.

“O teste do pezinho é simples, rápido e seguro e o profissional da saúde já conta com essa tecnologia que proporciona precisão, segurança e uma incisão menos agressiva”, explica Lívia Sachi Gazarini, biomédica e coordenadora Científica na BD Life Sciences, Preanalytical Systems.

A maioria das doenças detectadas pelo teste do pezinho pode ser tratada antes mesmo que os sintomas apareçam. A detecção precoce proporciona melhores resultados dos tratamentos e maior  qualidade de vida para as crianças. Entre as doenças possíveis de serem detectadas pelo teste estão anemia falciforme, fibrose cística, hipotireoidismo congênito, rubéola congênita, sífilis congênita, fenilcetonúria, hiperplasia congênita de adrenal.

 

Edição 224

Setembro 2017

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica