Saúde

A vida começa pela boca

Comentário(s) 27 julho 2017

boca

Sobre as fun­ções que a bo­ca exerce: ela faz parte de um cor­po e mente que pro­curam se manter em equilíbrio em relação ao meio e que, ainda,

Dra. Denise F. Barbosa

Dra. Denise F. Barbosa

por qualquer motivo, podem alterar essa in­teração com o ambiente em que se inserem. Como parte da medicina, a odontologia tra­balha com a região de cabeça e pescoço. E nesse contexto a boca será o assunto a ser abordado.

A boca participa das funções es­senciais, em que os dentes, o pe­riodonto, os músculos, a oclusão e as articulações em conjunto rece­bem diversas informações externas, como estímulos de temperatura, de pressão, de gustação e de dor, como também transmitem informações ao meio externo, como emoções, por palavras, risos, gritos, sus­surros e até silêncio. A boca participa de um corpo e mente, que têm sensações e emo­ções de prazer ou de dor. É estruturada pa­ra absorver e expressar estímulos, mas que começou sua jornada com o meio ambiente no ato do nascimento com o reflexo da res­piração no primeiro sopro de vida. E se pre­parou desde a amamentação com a sucção e deglutição, enquanto a respiração nasal es­tava sendo aprendida, para o ato de masti­gar e falar. Cinco funções exercidas por esse sistema tão fascinante.

Muitos profissionais da área da saúde são atentos a fatores específicos de suas especia­lidades, transformando o corpo em fragmen­tos, um quebra-cabeça interminável. Muitas vezes, esquecendo que a boca está direta­mente ligada às fun­ções mais básicas, co­mo o ato de alimen­tar-se, por exemplo, que dá combustível a um corpo que é sus­tentado pela coluna; de uma coluna que sustenta a cabeça; de uma cabeça que de­termina a postura cervical e que compõe um esqueleto que suporta o sistema neuromus­cular, os vasos linfáticos e sanguíneos que nu­trem e protegem as células, que controla as vísceras e o sistema excretor, elimi­nando os resíduos desnecessários ao corpo. Um corpo que está contido em seu maior órgão, a pele.

O equilíbrio do corpo e mente de­pende do equilíbrio entre suas estru­turas e da capacidade adaptativa frente aos fatores estressores, determinado pelos fatores ex­ternos e internos. A melhor ma­neira de conquistar esse equilí­brio é respeitando as funções das estruturas do corpo e mente em sua totalidade.

Trabalhe este corpo da melhor forma pos­sível. Começando pela boca, tenha hábitos saudáveis: alimente-se e respire bem. Mante­nha sua higiene bucal e corporal. Exercite-se e mantenha-se em movimento. Relacione-se bem com o meio onde vive e procure dormir bem. Carregue somente o peso que merece. Corpo e mente com saúde são sinônimos de bem-estar e qualidade de vida.

Artigo da cirurgiã-dentista Dra. Denise Fernandes Barbosa. Contatos: 11-4521-9494 e 11-97647-5816. www.clinicadfb.com.br

Edição 224

Setembro 2017

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica