Saúde

Acidentes com as mãos aumentam durante o Carnaval

Comentário(s) 23 fevereiro 2017

carnaval

Facilmente elencamos várias atividades que executamos com maior frequência durante o feriado do Carnaval, dentre elas, as principais: o churrasco, a dança e a ingestão de bebida alcóolica. Os médicos especialistas associados da Sociedade Brasileira de Cirurgia da Mão (SBCM) perceberam o aumento do volume de atendimentos nesse período, relacionado aos acidentes que causam graves lesões nas mãos, que provocam, por consequência, o aumento do afastamento do trabalho, já que as mãos são essenciais na maioria das atividades laborativas.

Com o objetivo de prevenir e de realizar um levantamento inédito nos principais pronto-atendimentos de saúde do Brasil, a SBCM lança a campanha Sua Mão Segura, alertando sobre as principais causas desses acidentes que são os cortes de faca e queimaduras provocadas durante churrascos, os cortes provocados por garrafas e copos de vidro e as quedas, já que temos o reflexo de nos apoiarmos antes de chegar ao chão, utilizando as mãos como escudo e feriando-as com maior gravidade.

Para o presidente da SBCM, Carlos Henrique Fernandes, a iniciativa é pioneira e extremamente importante. “Sabemos que durante o Carnaval existe uma grande preocupação com doenças sexualmente transmissíveis, acidentes de trânsito e violência, muitas vezes, provocados pelo abuso de bebidas alcoólicas e/ou outras drogas. Os acidentes com as mãos, em muitos casos, provocam lesões, que além da dor e sofrimento, levam ao afastamento do trabalho. O comprometimento dos movimentos das mãos pode evoluir com sequelas, muitas vezes irreversíveis. É nossa missão alertar e esclarecer para que as pessoas sejam mais cautelosas. Nosso objetivo é monitorar esses índices, auxiliando e estimulando os médicos a notificar esses acidentes”, ressalta o especialista em mão.

A SBCM também recomenda que nos casos de acidentes de mãos, os pacientes devem procurar um especialista o mais rápido possível. Estudos internacionais comprovam que o correto tratamento precoce pode reduzir os riscos de maior comprometimento dos movimentos e sequelas importantes.

Com o slogan “O que vamos fazer nesse Carnaval?”, os especialistas esperam conscientizar para os riscos com o fogo das churrasqueiras, o uso de facas para o corte de carnes do churrasco, e os cortes provocados por garrafas e copos de vidros e pelas quedas em geral.

 

Edição 224

Setembro 2017

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica