Esportes

Benefícios da atividade física durante a gestação

Comentário(s) 09 julho 2016

atividade gestantePara manter a saúde física e mental em dia, médicos aconselham a prática de atividade física regularmente. E a personal trainer para gestantes, Gisele Wachs, explica que durante a gravidez é preciso cuidado redobrado, mas a futura mamãe não deve deixar de se exercitar durante os nove meses de gestação. Pelo contrário: ficar parada está fora de cogitação para uma gravidez mais saudável e tranquila.

“Exercícios físicos melhoram a circulação sanguínea, amenizam a ansiedade, aumentam a capacidade pulmonar e garantem energia extra às futuras mães. A prática regular promete um período de gestação repleto de bem estar e um parto bem mais tranquilo”, diz Gisele. “Mães que praticaram exercício físico, durante a gestação, relatam que tiveram um trabalho de parto mais rápido e suportaram melhor as contrações.”

A personal listou alguns motivos para dar inicio a prática de exercícios físicos direcionados:

- A atividade física atua no sistema cardiovascular, que neste período tem um volume maior de sangue em circulação, e ajuda na oxigenação das células;

- Proporciona um estado de relaxamento que é fundamental nesta fase, em que o organismo está sendo submetido constantemente a situações de estresse e as emoções estão à flor da pele;

-Ajuda na consciência corporal, deixando a gestante mais preparada para o parto;

-A ginástica, quando praticada regularmente, impede que a grávida engorde além do necessário/indicado;

-O corpo em movimento garante melhor funcionamento dos intestinos;

- Os exercícios proporcionam aumento da capacidade pulmonar e ajudam a controlar o ritmo de respiração;

-Os exercícios de alongamento ajudam os tendões, deixando-os mais firmes. Durante a gestação, eles ficam mais frouxos e ocorre maior retenção líquidos.

-Os exercícios de fortalecimento ajudam o bom posicionamento da coluna e ajudam a mulher suportar mais o peso do bebê;

-Com a musculatura fortalecida, o desempenho da mãe, no momento de expulsão do bebê, será melhor. E a recuperação no pós-parto será muito mais rápida.

 

Edição 224

Setembro 2017

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica