Tendência

BuZum! leva espetáculo Máquinas para cidades do interior de SP

Comentário(s) 18 agosto 2015

Foto:Milene Milan

Foto:Milene Milan

Até o dia 28 de agosto, crianças de escolas municipais de Cajamar, Franco da Rocha, Caieiras, Americana, Campinas, Cordeirópolis, Hortolândia, Itupeva, Jundiaí, Louveira, Limeira, Nova Odessa, Santa Bárbara, São Paulo, Sumaré, Valinhos e Vinhedo são contempladas com apresentações gratuitas de Máquinas, o novo espetáculo do BuZum!, companhia de teatro de bonecos sobre rodas que percorre o país desde 2010 levando cultura a alunos da rede pública de ensino. O espetáculo, que começou a rodar o interior em 8 de junho, conta com patrocínio da CCR AutoBAn e apoio do Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet.

Criada por Beto Andreetta e Mari Gutierrez e com direção de Wanderley Piras, a peça conta uma história de amor que atravessa os tempos. Para agradar sua amada, o protagonista cria diversos meios de transporte para chegar à Lua e ganhar o seu tão desejado beijo de amor. A aventura inclui a travessia de desertos e montanhas a pé, a cavalo, de bicicleta, carro, trem, carroça, barco, foguete, entre outros.

‘Queríamos mostrar às crianças que a evolução dos meios de transporte pode ser mostrada de forma criativa e lúdica’, conta Mari Gutierrez, criadora do espetáculo. ‘Para isso, criamos diversos desafios durante o espetáculo e as crianças embarcam junto com os protagonistas’, conta. São diversas as dificuldades que eles encontram durante a viagem: animais como jacarés, lobos e tigres. ‘Para todos os desafios há uma solução e eles seguem a viagem, sempre inventando algo novo’, conclui a autora do texto.

Educação

Quando o BuZum! estaciona em frente a uma escola ou instituição, as peças em cartaz  levam também ensinamentos que podem ser utilizados pelos professores. Em parceria com o Instituto Saberes, o BuZum! desenvolveu o Livro do Professor, material pedagógico entregue aos docentes após os espetáculos. ‘São muitos os temas que podem ser trabalhados nas aulas de história, geografia, português, matemática’, conta Mariane. Com o apoio do material pedagógico, os professores conseguem relacionar o assunto abordado na peça à matéria lecionada em sala de aula, expandindo, assim, os conhecimentos do aluno. O objetivo é instigar a curiosidade das crianças antes mesmo das apresentações e mantê-la após a passagem do BuZum!. Por meio de intertextualidade, charadas, brincadeiras, curiosidades e dicas literárias, os alunos aprendem de forma leve e didática sobre diferentes temas.

Até o dia 28 de agosto, crianças de escolas municipais de Cajamar, Franco da Rocha, Caieiras, Americana, Campinas, Cordeirópolis, Hortolândia, Itupeva, Jundiaí, Louveira, Limeira, Nova Odessa, Santa Bárbara, São Paulo, Sumaré, Valinhos e Vinhedo são contempladas com apresentações gratuitas de Máquinas, o novo espetáculo do BuZum!, companhia de teatro de bonecos sobre rodas que percorre o país desde 2010 levando cultura a alunos da rede pública de ensino. O espetáculo, que começou a rodar o interior em 8 de junho, conta com patrocínio da CCR AutoBAn e apoio do Ministério da Cultura, por meio da Lei Rouanet.

Criada por Beto Andreetta e Mari Gutierrez e com direção de Wanderley Piras, a peça conta uma história de amor que atravessa os tempos. Para agradar sua amada, o protagonista cria diversos meios de transporte para chegar à Lua e ganhar o seu tão desejado beijo de amor. A aventura inclui a travessia de desertos e montanhas a pé, a cavalo, de bicicleta, carro, trem, carroça, barco, foguete, entre outros.

‘Queríamos mostrar às crianças que a evolução dos meios de transporte pode ser mostrada de forma criativa e lúdica’, conta Mari Gutierrez, criadora do espetáculo. ‘Para isso, criamos diversos desafios durante o espetáculo e as crianças embarcam junto com os protagonistas’, conta. São diversas as dificuldades que eles encontram durante a viagem: animais como jacarés, lobos e tigres. ‘Para todos os desafios há uma solução e eles seguem a viagem, sempre inventando algo novo’, conclui a autora do texto.

Educação

Quando o BuZum! estaciona em frente a uma escola ou instituição, as peças em cartaz  levam também ensinamentos que podem ser utilizados pelos professores. Em parceria com o Instituto Saberes, o BuZum! desenvolveu o Livro do Professor, material pedagógico entregue aos docentes após os espetáculos. ‘São muitos os temas que podem ser trabalhados nas aulas de história, geografia, português, matemática’, conta Mariane. Com o apoio do material pedagógico, os professores conseguem relacionar o assunto abordado na peça à matéria lecionada em sala de aula, expandindo, assim, os conhecimentos do aluno. O objetivo é instigar a curiosidade das crianças antes mesmo das apresentações e mantê-la após a passagem do BuZum!. Por meio de intertextualidade, charadas, brincadeiras, curiosidades e dicas literárias, os alunos aprendem de forma leve e didática sobre diferentes temas.

BuZum!

A companhia mantém e desenvolve a premissa de unir o teatro à educação, tendo se apresentado em 520 escolas públicas, num total de mais de 150 mil quilômetros rodados. Nos cinco anos em que está na ativa, e mais de 5.000 apresentações na bagagem, o projeto conta com um público de cerca de 200 mil espectadores em 7 estados brasileiros (São Paulo, Rio, Maranhão, Minas Gerais, Paraná, Espírito Santo e Bahia). Adaptado em um ônibus que se transforma em sala de teatro, o BuZum! é equipado com palco, iluminação, ar condicionado e espaço para a plateia com capacidade para receber até 50 espectadores por sessão. O grupo recebeu o prêmio de Melhor Produção e Melhor Autor de Texto Original no 1º Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem (ex-Prêmio Femsa), em 2014.

A companhia mantém e desenvolve a premissa de unir o teatro à educação, tendo se apresentado em 520 escolas públicas, num total de mais de 150 mil quilômetros rodados. Nos cinco anos em que está na ativa, e mais de 5.000 apresentações na bagagem, o projeto conta com um público de cerca de 200 mil espectadores em 7 estados brasileiros (São Paulo, Rio, Maranhão, Minas Gerais, Paraná, Espírito Santo e Bahia). Adaptado em um ônibus que se transforma em sala de teatro, o BuZum! é equipado com palco, iluminação, ar condicionado e espaço para a plateia com capacidade para receber até 50 espectadores por sessão. O grupo recebeu o prêmio de Melhor Produção e Melhor Autor de Texto Original no 1º Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem (ex-Prêmio Femsa), em 2014.

 

 

Edição 224

Setembro 2017

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica