Tendência

Como escolher a cobertura ideal para cada tipo de projeto

Comentário(s) 11 setembro 2015

telha

Você sabe qual o tipo de telha é mais adequada para cada projeto e qual modelo escolher na hora da construção? Está aí um assunto que quase ninguém conhece.  A equipe da Ananda Metais explica quais as diferenças entre os diversos modelos. Confira:

Tipo: telhas termoacústicas
Quando e onde usar: São ideais para projetos que precisam de acabamento com isolamento térmico e acústico.
Diferencial: O produto, além de isolar o som, ajuda a minimizar gastos com energia e refrigeração. Composto por duas telhas metálicas – trapezoidal ou forro na parte inferior – preenchidas com materiais isolantes como o poliestireno (isopor) ou poliuretano. Os materiais isolantes que podem compor a telha possuem funções diferentes e, por isso, é preciso verificar qual a necessidade da obra antes de optar por um deles. Porém, ambos retardam a ação de chamas e não absorvem água.

Tipo: telhas pintadas
Quando e onde usar: As telhas pintadas são opções para ambientes com grande incidência solar.
Diferencial: Com pintura eletrostática, uma das mais modernas e avançadas, as telhas têm sistema de aplicação e revestimento à base de resina poliéster, ideais para produtos em aço galvanizado, oferecendo excelente resistência à corrosão. Sem que haja contato manual, a telha recebe uma camada de tinta em pó, passa por um túnel de irradiação e depois é submetida a um forno com temperatura de 240°C. O processo garante uma superfície uniforme, com brilho e excelente nível de proteção e durabilidade.

Tipo: telhas metálicas
Quando e onde usar: Indicada para obras industriais.
Diferencial: As telhas metálicas são produzidas com os padrões e normas vigentes e com a garantia de qualidade e durabilidade. Esse tipo de telha pode ser encontrada em dois formatos: trapezoidal ou ondulado, vai depender da necessidade de cada projeto.

Tipo: telha ondulada calandrada
Quando e onde usar: ideal para projetos arquitetônicos.
Diferencial: São telhas que ficam com aspecto superficial liso e uniforme após receberem as curvaturas na calandra.  Sua espessura mínima de 0,65 mm é definida em função da conformação do aço e melhor estética do produto.

Tipo: telha trapezoidal calandra
Quando e onde usar: Pode ser usada em diversos projetos, como silos, galpões, entre outros.
Diferencial: Esse tipo de telha é prática e de fácil manuseio devido ao acompanhamento do desenho da estrutura, as telhas tem baixa resistência mecânica na instalação e seu comprimento máximo é de 10 m com raio igual ou maior a 40.000 mm. Além disso, devido a sua espessura mínima de 0,65 mm proporciona melhor estética e leveza às coberturas.

Tipo: telha multidobra
Quando e onde usar: Indicada para dar acabamento entre a cobertura e o fechamento.
Diferencial: A telha multidobra foi pensada para projetos que não utilizam calhas. Para obter a curvatura nas telhas,  são feitas dobras transversais na chapa de aço.

Tipo: telha perfurada
Quando e onde usar: Pode ser usada em qualquer projeto que busque um design diferenciado.
Diferencial: Esse tipo de telha evita a reverberação acústica devido a sua aplicação de lã de rocha.

Tipo: telha translúcida
Quando e onde usar: Ideal para ambientes que necessitam de muita luz, como galpões, lojas comerciais, clubes e escolas.
Diferencial: A principal função desta telha é dar maior luminosidade ao ambiente, reduzindo os custos com a iluminação.

 

Edição 224

Setembro 2017

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica