Estética

Como realizar cirurgia plástica de forma segura

Comentário(s) 30 janeiro 2019

cirurgia plastica

É de suma importância se informar e se consultar com um especialista antes de realizar qualquer tipo de procedimento estético, para evitar qualquer tipo de transtorno ou complicações. Cuidar da aparência é bom, mas é muito mais importante cuidar da saúde.

Para o cirurgião plástico dr. Juliano Souto Ferreira (CRM SP 116386) há fatores que devem ser levados em consideração, para a saúde do paciente, que são:

- Profissional: Certifique se o profissional possui o título de especialista em cirurgia plástica pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), podendo assim realizar todos os tipos de procedimentos estéticos, seguindo o código de ética e trabalhando em um espaço credenciado e autorizado pela vigilância sanitária, com equipamentos certificados pela Anvisa.

- Produto: Ao escolher o momento que deseja realizar o procedimento, é necessário se informar a respeito do tipo de produto a ser utilizado, por exemplo, em algumas cirurgias o correto é utilizar próteses aprovadas também pela anvisa.

- Consultas: Tirar todas as dúvidas a respeito do procedimento a ser realizado é fundamental. O médico deve falar com propriedade, passando segurança e credibilidade ao paciente, o informando a respeito da cirurgia, pré cirurgia, pós-cirurgia e recuperação.

O resultado de uma cirurgia plástica depende muito de sua recuperação. Por isso, durante o pós-operatório é preciso manter uma alimentação equilibrada. Dr Juliano indica 5 tipos de alimentos importantes:

  1. Proteínas como: carne, ovo, leite, são essenciais para auxiliar na formação de tecidos e fechamento das cicatrizes.
  2. Alimentos ricos em ferro mantêm as células do sangue saudáveis. Entre eles estão: fígado, gema de ovo, espinafre etc.
  3. Fontes de vitamina C colaboram para o processo de cicatrização, fortalecem a imunidade e previnem a fraqueza muscular. Destacamos: abacaxi, laranja, limão, pimentão e brócolis.
  4. O ômega 3 é importante para reduzir a inflamação e favorecer a cicatrização, é encontrado no salmão, atum, azeite de oliva.
  5. Beber água é essencial para hidratar o organismo e diminuir o inchaço. Além disso, água de coco, suco de laranja, melancia, melão e abacaxi são indicados.

“É válido ressaltar que doces e alimentos gordurosos devem ser evitados, assim como cafeína, alimentos fermentativos (feijão, lentilha) e álcool. Seguindo a dieta é possível ter uma recuperação saudável e eficaz”, finaliza o cirurgião.

Edição 241

Fevereiro 2019

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica