Saúde

Conheça os 5 mitos e verdades do câncer renal

Comentário(s) 21 outubro 2019

claculo renal

Todos os anos, 338.000 pessoas em todo o mundo são diagnosticadas com câncer renal, no Brasil esse número fica em 6.270. Porém, apesar de ser considerada uma doença ainda pouco incidente, prevê-se que o número de casos de câncer de rim aumentará 22% até 2020.

Por não ser comum, existem muitas informações equivocadas sobre a doença. O dr. Fábio Schutz, oncologista clínico da BP –  Beneficência Portuguesa de São Paulo, esclarece algumas das principais dúvidas sobre o câncer de rim, visando desmistificar falsas crenças e contribuir com a disseminação do conhecimento para a população, pacientes e seus familiares. 

Beber água ajuda a prevenir o câncer de rim

Mito. A água é muito importante para o organismo como um todo, ela ajuda a regular a temperatura corporal, melhorar a circulação sanguínea, diminuir inchaços e também contribui positivamente para o bom funcionamento dos rins. Porém, com relação a prevenção do câncer no órgão ela não tem relação. 

O câncer de rim é considerado uma doença silenciosa

Verdade. Isso porque menos de 10% dos pacientes que possuem câncer de rim apresentaram os sintomas mais comuns, que são sangue na urina e dor lombar. Além disso, o tumor fica localizado em uma região chamada retroperitoneal, que dificulta o diagnóstico. Por ser relativamente incomum não há exames de rastreamento eficazes. 

Muitas vezes o câncer de rim é diagnosticado por acaso

Verdade. Muitos casos de câncer de rim são descobertos por meio de exames de rotina ou exames de rastreamento, como é caso da mamografia para descobrir o câncer de mama. Porém, para o câncer de rim este tipo de exame específico não existe. A maioria dos pacientes acaba descobrindo o câncer de rim por acaso, quando está fazendo um exame por um outro motivo de saúde. Por isso, 1/3 dos pacientes são diagnosticados em estágio avançado e metastático, quando o tumor se espalha para outras partes do corpo. 

Quem fuma tem mais chances de ter câncer de rim

Verdade. A maioria das pessoas acredita que o cigarro é apenas sinônimo de câncer de pulmão. Porém, o tabagismo também pode desencadear diversas outras doenças, inclusive o câncer de rim. Existem os chamados fatores de risco, que são as causas que podem levar uma pessoa a desenvolver a doença. Para o câncer de rim, os principais fatores de ricos são o tabagismo, obesidade e hipertensão. 

Pedra no rim pode virar tumor

Mito. São duas doenças diferentes e uma não pode causar a outra. Precisamos primeiramente entender o papel dos rins. Eles são dois grandes filtros de sangue do nosso organismo, por isso, além da água para formar urina, eles também filtram cálcio, ácido úrico e oxalato, e é nesse momento que podem aparecer as pedras no rim. Isso porque quando não tem quantidade suficiente de água, essas partículas não conseguem se dissolver naturalmente e serem expelidas na urina. Já em relação ao câncer, ele pode aparecer devido a uma mutação anormal que ocorre nas células do rim, que se prolifera e vira um tumor.

 

Edição 249

Outubro 2019

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica