Tendência

Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso Sexual e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Comentário(s) 16 maio 2019

CCR AutoBAn, Instituto CCR e ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) divulgam a Campanha abuso sexualpartir desta sexta-feira (17) formas de prevenção e combate à exploração sexual infantil. A ação integra campanha em lembrança ao Dia Nacional de Enfrentamento ao Abuso Sexual e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que acontece neste sábado, 18 de maio.

Cerca de 10 mil folhetos com informações sobre violência, abuso, exploração sexual e também sobre formas de prevenção e denúncia – com destaque ao Serviço Disque 100 -  serão distribuídos nas praças de pedágio do Sistema Anhanguera-Bandeirantes nesta sexta-feira (17) e sábado (18). Também serão veiculadas mensagens nos painéis eletrônicos instalados nas rodovias e no site da concessionária CCR AutoBAn. Ao longo da semana, estão programadas palestras com caminhoneiros que utilizam o Programa Estrada para Saúde, que fica no km 56 da Rodovia dos Bandeirantes, em Jundiaí.

“O objetivo com a campanha é engajar os usuários dos serviços prestados pelas concessionárias e os internautas que acessam nossas páginas e redes sociais nessa luta pela proteção das crianças e dos adolescentes. Para isso, reforçamos as informações sobre prevenção e sobre fiscalização, divulgando principalmente o canal de denúncia Disque 100”, ressalta Marina Mattaraia, diretora do Instituto CCR.

Saiba como denunciar

É possível denunciar qualquer suspeita de abuso ou exploração sexual infantil discando 100, o Disque Direitos Humanos, que funciona 24 horas diariamente, incluindo sábados, domingos e feriados. As ligações podem ser feitas de todo o Brasil por meio de discagem direta e gratuita, de qualquer terminal telefônico fixo ou móvel, bastando discar 100 não havendo necessidade de identificação. Por meio do aplicativo Projeta Brasil, que funciona em celulares e tablets, com tecnologia iOS e Android, as denúncias podem ser anônimas, e o sigilo das informações é garantido. Além disso, pode-se procurar o Conselho Tutelar regional e delegacias comuns ou especializada em crimes contra a criança e o adolescente. Em casos de emergência, pode-se ligar para a Polícia Militar pelo telefone 190 ou para a Polícia Rodoviária Federal pelo telefone 191.

Edição 243

Abril 2019

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica