Tendência

Divirta-se com seu pet no carnaval

Comentário(s) 26 fevereiro 2019

gato carnaval

Carnaval é época de multidão, calor e barulhos altos. Por isso, por mais que você queria aproveitar a folia com seu melhor amigo, será mesmo o mais adequado? Em geral, depende muito do animal, explica o médico-veterinário e gerente técnico nacional da Total Alimentos, Marcello Machado.

“Muito barulho, concentração de pessoas e calor excessivo podem deixar o cão muito estressado. Para curtir o carnaval tranquilamente, aqueles que gostam de entrar na multidão tem como melhor opção deixar o pet em casa, ou com alguém de confiança. Todavia, se o projeto for realmente levar o pet para o bloco, essa é uma experiência mais adequada para cães com uma índole mais tranquila. Os mais agressivos, ansiosos ou estressados não devem ser levados a esse tipo de ambiente”, orienta Machado.

Sat dachshund at Carnival party - head up.

Então, quais as dicas para curtir a festa junto com o pet? “Fique mais distante dos grandes aglomerados, evite os horários mais quentes do dia, procure locais com sombra e ofereça água fresca e potável constantemente para seu cãozinho”, responde o médico veterinário.

Para aqueles que gostam de caprichar no visual, é importante manter em mente que calor e multidão já são fatores de irritação, e uma fantasia para o pet pode deixá-lo ainda mais desconfortável.

“Fantasia é algo que provavelmente ele escolheria não usar, se pudesse opinar. Porém, caso o tutor deseja colocar seu cão na brincadeira, certifique-se que seu pet não se incomoda com o acessório. A fantasia deve ser leve e de tecido respirável. Preste atenção para ter certeza de que a roupa não o machuca, esteja apertada ou causando incômodo. Não pode haver riscos de enroscar ou estrangular. É importante ficar sempre atento ao comportamento dele e nunca o perder de vista”, aconselha Marcello.

Já em relação ao barulho, tufos de algodão podem minimizar o ruído, mas não resolvem o problema caso o barulho seja excessivo e o cão muito medroso ou irritável. Vale lembrar que muitos cães também se sentem incomodados com o algodão nos ouvidos. Se for utilizar, cuidado para não colocar pedaços muito pequenos e que fiquem difíceis remover após o uso.

Edição 241

Fevereiro 2019

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica