Saúde

Entenda a importância de doar sangue

Comentário(s) 14 junho 2018

 doacao sangue

Não é novidade que para salvar vidas não é preciso ser um super-herói ou um médico.  Basta ser um doador e você será o responsável pelo sorriso de inúmeras famílias. Anualmente, o dia 14 de junho é a data dedicada para homenagear os doadores de sangue e conscientizar os não doadores sobre a importância desse gesto.

Você sabia que apenas 1,8% dos brasileiros doa sangue? A meta da OMS é de 3% para garantir que toda a demanda seja adequadamente atendida. Nos períodos de inverno os estoques de sangue reduzem devido às viagens de doadores frequentes. Não à toa, o “junho vermelho” antecipa esse período de recesso, com o objetivo de evitar que os estoques se esgotem.

“A doação de sangue permite a separação de vários componentes como hemácia, plasma e crioprecipitado, que são necessários para diferentes patologias como hemofilias ou hemorragias graves.”, explica o dr. Bernardo Almeida, infectologista e responsável médico da Hi Technologies.

Para ser doador, basta ter entre 16 e 69 anos, pesar mais de 50 quilos e possuir bom estado de saúde. Os menores de idade necessitam de consentimento dos responsáveis. É importante que no dia da doação a pessoa esteja descansada, não tenha ingerido bebidas alcoólicas nas últimas 12 horas e não estar em jejum, evitando alimentos gordurosos nas 3 horas que antecedem o procedimento.

“Além dessas recomendações, a doação não pode ser realizada em casos de algumas doenças crônicas como HIV, HTLV, Doença de Chagas e Hepatites virais. Em casos de contra-indicações temporárias, como febre, gripe ou resfriado, logo após a melhora do quadro de saúde, deixam de ser impeditivos. Deve-se aguardar mais tempo em caso de tatuagem e algumas cirurgias”, acrescenta Almeida. Atenção: homens podem doar até 4 vezes ao ano, já as mulheres podem contribuir até 3 vezes ao ano.

É importante que a população entenda que não existe nenhum medicamento que substitua o sangue, e quem necessita dessa ação depende primeiramente da generosidade do doador que, com boa vontade e uma pequena ação, pode beneficiar até quatro pessoas.

Além do processo de doação de sangue ser rápido e durar apenas 10 minutos, o ato não oferece riscos ao doador já que nenhum material utilizado na coleta é reutilizado. Desse modo, elimina qualquer possibilidade de contaminação, garantindo segurança absoluta em todo o procedimento.

Edição 232

Maio 2018

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica