Esportes

Entre em forma com o Ninjutsu

Comentário(s) 08 novembro 2015

ninjutsu

Muay Thai, Jiu Jitsu, Treino Funcional…  Todos eles exigem condicionamento, prática e muita persistência. Em troca, um corpo invejável, flexibilidade, além de melhora cardiorespiratória e nada de flacidez. Uma outra modalidade, ainda pouco conhecida no Brasil, mas que tem conquistado seu espaço e admiradores, é o Ninjutsu.

Segundo o instrutor do Maha Studio do Corpo (SP) Angelo Arantes, o Ninjutsu é uma arte que busca o aperfeiçoamento físico, mental e emocional. “Ele explora mais o intangível, atributo muito valioso na era do conhecimento, mas pouco explorado. E, para as mulheres, é uma forma de manter a intuição e a razão em equilíbrio, virtude nata feminina” diz ele.

A atividade trabalha técnicas com foco no movimento contínuo e aproveita a força do adversário, e também é ensinada como defesa pessoal. Segundo o instrutor, em uma aula, em média de uma hora, o aluno aprende mais de 20 técnicas de defesas, rolamentos e quedas, além de saltos. “Tudo o que pode ser aplicado ao dia a dia, garantindo a segurança das mulheres e eliminando, em média, 900 calorias”, conta Angelo.

Esses benefícios também ajudam no emocional, e o instrutor mostra em cada movimento do aluno suas características de personalidade e pontos que têm de melhorar, ensina a aceitar aquilo que não pode mudar e a transformar o que está ao seu alcance. Inclusive, problemas como ansiedade e síndrome do pânico são atenuados com a prática. 

“A prática tem como objetivo trabalhar a razão e emoção em harmonia. Procuramos a adaptação a diversas situações e necessidades. Em muitos países cadeirantes e deficientes treinam respeitando suas limitações. Transitar do tangível para o intangível livremente com uma mente aberta absorvendo sabedoria de cada lição que o destino apresenta”, afirma Arantes. “Para a mulher é surpreendente, pois como trabalhamos em 2/3 da prática o intangível, sua intuição natural aumenta chegando a prever movimentos do adversário.”

 

Edição 224

Setembro 2017

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica