Saúde

Envelhecer, processo da vida!

Comentário(s) 18 dezembro 2019

elieteEnvelhecer é para todos! Saber en­velhecer é para poucos!

Nos deparamos muitas vezes com a difícil tare­fa de nos manter saudá­veis! Ou não?

Com tantas informa­ções sobre saúde, ali­mentação, exercícios e alternativas importan­tes para manutenção de uma vida saudável, ficamos perdidos e sem orientação.

Quando envelhece­mos somos cobrados pela família, pela sociedade e por nós mes­mos para nos mantermos ativos e dispos­tos. A verdade é que, por perdermos mas­sa muscular, óssea e algumas capacidades, nossa saúde e a longevidade têm alertado a todos para a importância da consciência de si mesmo.

Ser consciente de si mesmo requer muita reflexão e abarca uma série de aprendizados acumulados ao longo da vida, que nos orien­ta de forma muito importante: reconheça su­as potencialidades e seus limites.

Você consegue identificar quando deixa de fazer suas atividades por estar sem condi­ções, ou porque está de­sanimado?

Você já conversou com pessoas para aprender possibilidades, trocar ideias sobre o que sen­te sobre suas dificulda­des, e se há recursos pa­ra superá-las?

Você busca informa­ções sobre como cuidar de sua saúde?

A sabedoria para lidar com as limitações e bus­car recursos para lidar­mos com essas questões é fundamental.

O interesse por ativi­dades que gosta de realizar é fundamental: ativa contato social, atenção e motivação!

A longevidade tem estimulado os especia­listas da saúde a se questionar sobre as ques­tões relativas ao idoso, por que nunca foram prioridades. Hoje, aos 60 anos, uma pessoa idosa é ativa, produtiva e faz planos. Preci­samos, então inovar, criar, superar e reinven­tar possibilidades.

Talvez com essas novas perspectivas não seja tão difícil cuidar da própria saúde.

Por Eliete Celi Martini Orsi (CRP 06-15998-1), psicóloga.
Contato: (11) 4586-5625

Edição 251

Dezembro 2019

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica