Saúde

Fisioterapia na melhora da qualidade de vida na terceira idade

Comentário(s) 22 novembro 2015

Hoje, o Brasil possui uma população de idosos de aproxi­madamente 26,1 milhões, e esse número tende a tri­plicar até 2050. Isso se dá ao aumento da expectati­va de vida graças ao avan­ço da medicina e de outras áreas da saúde.

Livia Bueno

Livia Bueno

Com o passar dos anos, o corpo vai sofrendo alte­rações fisiológicas ou pa­tológicas em vários siste­mas (músculo-esqueléti­cos, cardiovascular, neural, entre outros), como osteoporose, artrose, sarcopenia (di­minuição da massa muscular) e pressão al­ta, entre outras.

A fisioterapia vem avançando muito nes­ta área. Muitos estudos já mostram os be­nefícios da prática regular de atividade físi­ca nessa população, ajudando assim na me­lhora dessas e de outras doenças.

A Fisiobioforma apresenta um protoco­lo de exercícios baseados nas necessidades de cada indivíduo. Depois de feita a avalia­ção com a fisioterapeuta, é prescrito um programa de exercícios aeróbicos que ajudam no sistema cardio­vascular, exercícios resisti­dos para melhorar a força muscular e alongamentos que ajudam na flexibilida­de. Praticando esse proto­colo de exercícios regular­mente, o idoso melhora a realização de atividades de vida diárias, mobilidade, postura e com isso melho­ra a qualidade de vida.

O programa de exercícios funciona de ter­ça e quinta, das 14h às 18h, na Rua Alber­to Costa, 500, Jardim Paulista. Agende sua avaliação pelos telefones: 11-3446-0929 ou 97591-4986.

Lívia Bueno (CREFITO 184861-F) é fisioterapeuta, especialista em Fisioterapia na Reabilitação Cardiovascular pelo Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia e pós-graduada em Fisiologia do Exercício Aplicada a Clínica pela Unifesp/Baixada Santista

Edição 224

Setembro 2017

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica