Tendência

Inglês sem frustrações

Comentário(s) 10 junho 2015

amandaQuando falamos de en­sino de idiomas, per­cebemos, muitas ve­zes, alunos frustrados e sem obter resultados. Ao questio­nar os motivos, nos deparamos com vários fatores.

Primeiramente, temos o fator metodologia. A aquisição natu­ral de uma língua segue um flu­xo simples: primeiramente a criança aprende a falar a lín­gua. Depois, quando já fluen­te, ela é alfabetizada. Posterior­mente, no ensino fundamen­tal, ela entra em contato com a gramática. Os métodos tradi­cionais aplicam a ordem inversa: começam com o ensino de gramática para, ao fim de um curso de seis anos, oferecer a conversação.

Outro fator são os eventuais bloqueios e traumas que cada aluno possa ter vivencia­do durante seus anos de escolaridade. Exis­te uma série de paradigmas que rondam o mundo do ensino de idiomas e que norteiam os comportamentos das pessoas que se pro­põem a aprender uma língua. São crenças in­fundadas e ilógicas, mas que, mesmo assim, acabam sendo repetidas e tomadas como verdades, condicionando os alunos no seu processo de aprendizagem.

Partindo do princípio de que houve um processo de aquisi­ção de linguagem bem sucedi­do (que foi a aquisição da lín­gua materna) em todos os alu­nos, podemos dizer que não existe deficiência cognitiva/fi­siológica no falante. Portanto, não existem motivos concretos que possam impedir uma pes­soa de desenvolver uma segun­da língua.

Para solucionarmos essa problemática precisamos ter um olhar mais abrangente no campo do ensino de idiomas: precisamos primeiramente trabalhar as questões interiores do aluno, ressignifican­do inseguranças e o processo de aprendiza­gem, e oferecer uma metodologia que facilite o processo de aquisição da nova língua.

Amanda Del Rosso é linguista formada pela Unicamp e trabalha com metodologias avançadas de aprendizado. É coordenadora da Learn – Consultoria em Aprendizado e Desenvolvimento Pessoal.

Mais informações: 11-99686-3910, 97800- 7733, learndesenvolvimento@gmail.com, www.facebook.com/LearnDesenvolvimento 

Edição 224

Setembro 2017

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica