Saúde

Mente-Manv-Corde

Comentário(s) 28 novembro 2018

Dra. Laura Fernandes Bana

Dra. Laura Fernandes Bana

A odontologia é um pu­nhado de amor e cari­nho misturado à ciên­cia. Tudo aquilo que se pesqui­sa no meio científico deve ter o intuito primordial de beneficiar a população. Ora, tudo aquilo que se estuda deve ser aplicá­vel à prática clínica, trazendo o bem-estar biopsicossocial do paciente antes enfermo. Afinal, de que serve uma escola senão prover subsídios ao aluno para que ele possa executar com êxito seus trabalhos?

Em meio a tantas técnicas para tratar de um doente, qual seria a melhor forma de pro­mover a saúde? Não importa, pois é impos­sível excluir o fundamento básico da profis­são cirurgiã-dentista.

Na odontologia, o nome que se dá a essa ba­se de todo o conhecimento que finda o suces­so clínico é a oclusão. É triste, entretanto, de­parar-se com uma classe de profissionais des­sa área que pouco se importa com esse prin­cípio, aquele que unicamente poderá fazer o paciente retornar ao estado de saúde.

Portanto, é factível afirmar que não impor­ta qual meio se utilize para tratar de um pa­ciente, desde que não se exclua aquele fun­damento que impera sobre essa profissão: o conjunto formado entre os dentes, os mús­culos, as articulações e o siste­ma nervoso, cada qual com sua função, produzindo, de manei­ra interdependente as ativida­des mais básicas que todo ser humano executa: a mastigação, a deglutição, a sucção, a respi­ração, a fonação e, sobretudo, o sorrir.

Com a mente, com as mãos e com o coração. São por essas pa­lavras que a Faculdade de Odon­tologia de Piracicaba transforma todo conhe­cimento em uma arte exequível pelo clínico, atuando com amor ao próximo, respeitan­do o ser humano como uma unidade biológi­ca, de único psico, inserido em seu meio so­cial. É certo orientar pelo respeito da moral e da ética e basear a odontologia em funda­mento, e justamente no mês de outubro em comemoração dessa profissão tão bela, que se poderá construir uma classe de cirurgi­ões-dentistas os quais seguirão a finco es­sa área da saúde.

Por Laura Fernandes Bana (CRO-SP 119846), cirurgiã-dentista.
Contatos: 11-4521-9494 e 1-97647-5816, www.clinicadfb.com.br

Edição 247

Agosto 2019

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica