Tendência

O ócio criativo

Comentário(s) 13 janeiro 2016

ocio

Férias …. Ufa!!!

Para muitas pessoas essa palavra soa como um sacrilégio. Afinal esse período, que para alguns é esperado com uma certa ansiedade, para outros não é muito bem-vindo porque significa parar a roda viva em que estão vivendo.

Tenho um amigo que acumulou oito períodos de férias, está sendo obrigado pela empresa a gozá-las, não sabe o que fazer porque não saberá como ficar fora do trabalho, simplesmente parado – segundo suas palavras.

Se você também é uma dessas pessoas que não conseguem parar e gozar alguns dias sem trabalhar, quero lhe dizer que não existe coisa melhor do que o ócio durante um período de 20, 30 dias para clarear as ideias, colocar as coisas sob perspectiva ou, até mesmo, rever conceitos e projetos.

Eu tenho uma tradição em minha vida – comecei a cerca de 15 anos – de gozar um período mínimo de 20 dias de férias coincidindo com meu aniversário – que considero meu verdadeiro Ano Novo – e posso lhe dizer foi uma das melhores decisões que já tomei porque é exatamente nessa época em que crio meus melhores projetos e tomo as melhores decisões.

Assim, partindo do princípio de que suas férias podem ser seu melhor capital acumulado no período de um ano, desejo lhe propor 10 ideias do que fazer com esse tempo que pode se transformar naquilo que chamo de ócio criativo.

1 -Em primeiro lugar, saiba que esses dias em que vai parar de trabalhar deve ser muito criativo e sua mente não deve parar. Reserve um tempo só para você e busque durante alguns períodos, isolar-se, ficar só com você mesmo. Mergulhe dentro de sua mente o máximo que puder.

2 – Não ignore seu cansaço. Comece a ler um livro, permaneça na sua cidade nos primeiros cinco dias para conseguir relaxar seu corpo. Logo nos primeiros dias comece um período de pequenas caminhadas pela manhã – pode ser pelo bairro mesmo, ao redor de sua casa – para relaxar seu corpo e organizar suas ideias.

3 – Use uma parte de seu tempo para fazer muitos jogos lúdicos – palavras cruzadas, sudoku, quebra-cabeças, jogos de paciência e outros – que irão ajudá-lo a tirar o foco das tarefas que deixou para traz. Se sentir que é extremamente necessário no início, cheque seu e-mail profissional, mas vá diminuindo a frequência, até relaxar de vez e parar de olhar. Crie uma resposta automática para este período.

4 – Durante a primeira semana de férias coloque um som e faça uma limpeza de armários e gavetas. Jogue fora tudo aquilo que não usa há mais de um ano. Libere espaço para coisas novas, novas perspectivas, novidades que possam vir preencher sua vida. Se você quer que os bons fluidos invadam sua casa é necessário liberar espaço para que a energia boa se distribua por todos os espaços dela. Além do que, isso vai ajuda-lo a se lembrar de ótimas histórias e permitir que você reveja de uma maneira muito gostosa vários momentos do ano que passou.

5 – Se você ainda tem filhos, pequenos ou adolescentes, que moram com você aproveite para curtir o período com eles. Uma sessão de cinema em casa com pipoca, brincadeiras, um passeio no parque, passeios culturais, cozinhar um belo almoço em parceria, coisinhas que vão fazer vocês se aproximarem ainda mais de você mesmo e deles.

6 – Faça um balanço do ano que passou.

O que você tinha se programado para fazer durante o ano? Quais eram suas metas e projetos?

O que você havia proposto tanto para a área pessoal quanto para a área profissional de sua vida?

Quanto você conseguiu realizar?

Quais os projetos que realmente deram certos e quais aqueles que ainda não conseguiu dar início?

Dos planos que você havia se proposto, quais continuam necessitando de sua atenção?

Quais aqueles que deverão ser ainda implementados?

7 - Analise as perguntas acima e tome novas decisões:

Organize novos planos.

Quais seus sonhos que não foram realizados?

O que você realmente quer para você? (não para o cônjuge ou parceiro(a), seus filhos, sua empresa).

A partir de seus desejos e sonhos, monte um projeto para o próximo anos – que poderá ter continuidade nos períodos vindouros.

Decida o que você quer para sua vida, como quer que ela esteja no próximo ano, ou daqui a 5, 10, 15 anos e quais as ações que deverá implementar a partir daí.

8 - Programe pelo menos uma viagem – mesmo que apenas uma semana – sem muita gente ao seu redor, no máximo um(a) companheiro(a). Eu gosto de parar alguns dias num spa ou na praia, que considero os melhores lugares para pensar. De frente para o mar, numa praia meio isolada, olhando as ondas e meditando em todas as perguntas colocadas nos dois itens acima.

9 - Para os dias restantes, procure algum curso, especialização curta, ou coisas do tipo. Desenho, dança, pintura, teatro, música, comunicação, línguas … Esta pode ser uma boa opção para aproveitar o tempo livre aprendendo alguma coisa nova que poderá acrescentar ao seu curriculum, tanto a mais valia que necessitamos para futuras colocações quanto um novo conhecimento ou, uma nova habilidade que irão diferenciá-lo no mercado de trabalho.

10 – Curta seu ócio e aproveite para deixá-lo bem criativo.

Boas férias!

Nivaldo Grande é palestrante, Master Coach, Escritor e Autor do livro “Ser feliz?! – Sua vida, Seus sonhos, Seu trabalho”. www.nscoaching.com.br

 

Edição 224

Setembro 2017

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica