Esportes

Odontologia e esporte

Comentário(s) 19 dezembro 2018

Dra. Denise e dra. Laura

Dra. Denise e dra. Laura

A atividade fí­sica de alto rendimen­to sempre foi abra­çada principalmen­te pela educação fí­sica e pela fisiotera­pia. A nutrição, me­dicina e ortopedia são também disci­plinas da saúde que proporcionam ao atleta a melhor per­formance.

A odontologia foi recentemente mais uma profissão a ser reconhecida, no âm­bito da saúde, a tra­tar do atleta para melhorar seu de­sempenho.

A boca participa majoritariamente do equi­líbrio do corpo. Os ossos cranianos são liga­dos à mandíbula, ao osso hioide, à coluna cer­vical e à cintura escapular por músculos e li­gamentos. A tonicidade dessa musculatura é dada pela forma como os dentes se contatam. Assim, caso haja uma desarmonia oclusal, irá ocorrer um desarranjo de toda a cadeia mus­cular, desde a base do crânio, ao tronco, aos membros superio­res e aos membros inferiores.

O cirurgião-den­tista atento à oclu­são poderá, então, ajudar seu paciente – atleta, amador, ini­ciante – a melhorar a performance espor­tiva seja por auxílio de aparelhos oclu­sais, protetores bu­cais ou reabilitações orais.

Em cada peculia­ridade, as profissões da saúde trabalham em conjunto para atingir resultados mais eficazes e efi­cientes, melhorando a qualidade do treino e a qualidade de vida.

Por dra. Denise Fernandes Barbosa (CRO-SP 37.856) e dra. Laura Fernandes Bana (CRO-SP 119.846), cirurgiãs-dentistas. Contatos: 11-4521-9494 e 11-97647-5816, www.clinicadfb.com

Edição 244

Maio 2019

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica