Saúde

Ombro congelado? A Quiropraxia pode “descongelar”

Comentário(s) 17 maio 2016

cintia cruzOmbro conge­lado, também conhecido co­mo capsulite adesiva, é a perda do movimento do ombro, que fica rígi­do e dolorido, com per­da progressiva e pode ser acompanhado de rigidez matinal. Para entender a causa des­se problema, precisa­mos entender como funcionam as articula­ções. Articulação é o local de junção de dois ou mais ossos, que permite os movimentos corporais. As articulações são revestidas por um tecido branco e elástico chamado carti­lagem. Para evitar atritos, elas são lubrifica­das constantemente pelo líquido sinovial, que é excretado pelas glândulas sinoviais que as rodeiam.

Tudo isso acontece se as articulações es­tiverem perfeitamente alinhadas. Caso não estejam, ocorre um desgaste que, na tenta­tiva de se “consertar”, o corpo forma calcifi­cações naquela região, que vão imobilizando e diminuindo gradativamente os movimen­tos. Onde antes havia somente um desgas­te e dor, agora pode haver também um mo­vimento restrito que pode gerar o apareci­mento de lesões musculares, causadas pe­lo esforço excessivo despendido para reali­zar movimentos corriqueiros, pois agora as articulações estão “travadas”, e esse esforço é regulado automaticamente sem que note­mos a diferença.

Uma articulação pode se desalinhar a qual­quer momento e por várias causas: após uma queda, pancada, infla­mações, “mau jeito” ou mesmo durante o sono. O primeiro sinal nor­malmente é a dor, que muitas vezes acaba di­minuindo com o tem­po, conforme o corpo se adapta à restrição. Mas se as articulações per­manecerem desalinha­das existe uma grande chance de ocorrer nesse ponto um desgas­te. Ao contrário do que se pensa, não é o des­gaste normal que vem com a idade, e sim o desgaste de uma articulação que “funcionou” desalinhada por um longo período.

Quando restabelecemos a posição corre­ta dessas articulações, damos ao organis­mo condições ideais de autocura para o res­tabelecimento natural do desgaste, propor­cionando alívio da dor. O movimento nor­mal é restabelecido e a dor diminui, desa­parecendo muitas vezes em curto espaço de tempo. O profissional de Quiropraxia tem treinamento específico em anatomia huma­na para trabalhar diretamente nas articula­ções inflamadas e doloridas sem causar dor, mas aliviando-a imediatamente. Quiropra­xia é indicada para todos os problemas de dores articulares.

E o melhor de tudo: Quiropraxia não dói! Pelo contrário, alivia a dor na hora.

Cintia Cruz é quiropraxista formada em 1999 (ANQ no 025/99). Atende à R. Rangel Pestana, 988, Centro, Jundiaí, SP. Tels. 11-3446-7050, 99915-4593, 98100-2524

Edição 224

Setembro 2017

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica