Estética

Pele saudável no verão

Comentário(s) 18 dezembro 2019

marina stevaux nascimentoO verão vem che­gando e com ele os dias na praia e piscina. Com isso, a pe­le fica mais exposta aos raios solares, o que pode ocasionar alguns proble­mas de saúde, como quei­maduras. Além disso, mi­coses, bicho geográfico e brotoejas também podem surgir.

Fique atento a essas di­cas para um verão mais saudável:

- Não saia de casa sem um protetor solar, mesmo que o dia esteja nu­blado. Aplique a quantidade certa para cada área do corpo: uma colher de chá no rosto e pescoço (e couro cabeludo para os carecas), uma colher de chá para cada braço, duas co­lheres de chá para cada perna e duas colhe­res de chá para o tronco. Aplique 30 minutos antes de se expor ao sol, reaplique a cada du­as horas (ou antes, se tiver contato com água ou suor) e use no mínimo fator 30. Evite o sol no horário das 10 às 16 horas. Caso a exposi­ção seja intensa, complemente usando rou­pas que possuem fator de proteção solar no tecido! Não se esqueça de também de prote­ger os cabelos com filtro solar capilar e usar óculos escuros com proteção UV.

- Crianças acima de seis meses podem usar filtro solar infantil. Nessa idade, brotoejas podem acontecer, principalmente em bebês, devido ao contato da pele com o suor. Usar roupas leves e ficar em ambientes arejados ajudam a evitar.

- Caso aconteça a queimadura solar, se ela for leve (quando a pele estiver apenas leve­mente vermelha), hidrate-a com creme espe­cífico, beba bastante água e faça compressas frias. Se apresentar bolhas ou sintomas co­mo febre e mal-estar, pro­cure um médico.

- Contato com algumas frutas (como limão e tan­gerina) e até alguns per­fumes e cosméticos pode causar queimaduras na pe­le quando exposta ao sol. Portanto, evite uso de per­fumes, e, quando manuse­ar alimentos, tome cuida­do para não deixar resídu­os na pele.

- Frequente praias e pis­cinas limpas. Evite andar descalço por longos perío­dos, principalmente em pisos úmidos. A con­taminação por bicho geográfico pode acon­tecer em praias onde animais defecam no local. Micoses também são frequentes e po­dem acometer pele, unha e cabelos. Para evi­tá-las, ao sair do banho, seque bem princi­palmente áreas de dobras (como entre os dedos e virilhas).

- Nesta época do ano a oleosidade tam­bém aumenta, e isto pode piorar alguns qua­dros de acne ou propiciar o aparecimento de manchas na pele causada por fungos. Utilize sabonete adequado para o seu tipo de pele e prefira filtros “oil free” para regiões natural­mente mais oleosas, como o rosto.

- Caso você tenha alguma doença de pele que piore com exposição ao sol (como me­lasma ou lúpus) vale a pena conferir com seu dermatologista algumas opções extras para se proteger. O uso de protetor solar em com­primidos e/ou cremes específicos pode ser estratégia possível.

Por Marina Stevaux Nascimento, médica dermatologista (CRM 162107, RQE 67744), formada pela USP– Ribeirão Preto, especializada em Cosmiatria e Laser pelo Hospital das Clínicas da USP

Edição 251

Dezembro 2019

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica