Esportes

Pilates clássico x Pilates acrobático

Comentário(s) 12 janeiro 2016

pilatesO método Pilates Clássico é originalmente realizado nos equipamentos e no solo, mas quando esses exercícios são realizados em qualquer outro acessório, como fita de suspensão, argolas, tecidos e trapézios, fora dos equipamentos, eles podem receber outros nomes como: Pilates Suspenso, Pilates Aéreo ou Aero Pilates. Já o Pilates Acrobático é feito nos equipamentos originais, mas seu diferencial é que os exercícios são feitos com a menor base de apoio possível nos equipamentos. Quanto menor suporte tiver o corpo, mais acrobático ele torna-se.

Segundo a prof. Eliane Coutinho, os exercícios acrobáticos não são necessariamente suspensos; há também séries feitas no solo.

O pilates acrobático só é recomendado para alunos com maior maturidade neuromotora. Este aluno precisará aprender todos os princípios do método Pilates, os exercícios do pré-pilates, mat pilates original para, em seguida, entender a construção dos exercícios acrobáticos e assim conseguir realizá-los de modo seguro, efetivo e sem lesões durante a suspensão. “Desta forma os alunos iniciantes terão maior probabilidade de ter lesões por falta de força e de flexibilidade”, explica Eliane.

Os exercícios em suspensão têm grande benefício, pois diminui muito o impacto articular. São exercícios realizados sem compressão articular, exigem grande recrutamento muscular, gerando grande ganho de força e de equilíbrio.

pilates2A realização desses exercícios deve sempre ser feita sob supervisão de um profissional uma vez que os alunos precisarão conhecer os princípios do método e usar a concentração, centralização, precisão e respiração durante cada fase do exercício, para ele seja realizado de forma controlada, precisa e sem sobrecargas articulares e muscular. Segundo a professora, essa é uma modalidade hoje bastante usada para alunos avançados com o objetivo de ganho de força, pois são exercícios desafiadores. Contudo, se não tiver uma orientação adequada esses exercícios poderão provocar lesões.

“É importante entender também que a base do pilates é o exercício clássico e essa modalidade é complementar, o aluno não conseguirá fazer uma aula inteira de forma harmoniosa nessa modalidade, o ideal é que o pilates clássico seja mantido como base da aula e a modalidade como diferencial, uma vez que é desafiador e gera grande ganho de força, concentração, flexibilidade e equilíbrio”, finaliza.

Edição 224

Setembro 2017

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica