Esportes

Pilates contra o estresse

Comentário(s) 20 novembro 2015

Quem busca qualidade de vi­da sabe que uma das primei­ras coisas que se tem a fazer é afastar o sedentarismo da rotina. A boa notícia é que é possível cuidar do corpo (e mente) reservando apenas uma ho­ra do dia, de duas a três vezes por se­mana. Essa é a frequência exigida, por exemplo, para a prática do Pilates, ati­vidade que promove o trabalho das ca­pacidades físicas, como equilíbrio, for­ça, resistência e coordenação, além de melhorar a postura e relaxar o corpo de forma global.

As aulas de Pilates são realizadas de maneira consciente e completa. Sabe-se que a respi­ração lenta e profunda reduz sig­nificativa­mente os ní­veis de cor­tisol no san­gue (corti­sol eleva­do = sensa­ções negati­vas, estres­se, depres­são; cortisol baixo = sen­sação de bem-es­tar) ao longo do tempo. Por esse motivo, termina­mos uma aula de Pilates sentindo o corpo trabalhado, energizado e com uma grande sensa­ção de bem-estar.

Outro compo­nente para a redu­ção do estresse é a concentração, que garante a execução dos movimentos conscientes e corretos. Ao con­centrar-se em si mesmo, no próprio corpo, elimina-se a tendência de distração duran­te as aulas. Aprende-se a mover sem tensão, usando apenas os músculos necessários para a realização de um determinado movimen­to. O relaxa­mento cons­ciente e se­letivo pro­p o r c i o n a maior eco­nomi a de movimen­tos, facilita a fluidez, o controle e a precisão de movimen­tos.

A melhor notícia é que exerci­tar-se dessa forma traz benefícios à saúde do corpo e da men­te, não apenas durante a aula de Pilates, mas a longo prazo também. Esse auto­aprendizado é levado para todas as si­tuações cotidianas, ajudando-nos a re­conhecer os estados físicos e mentais e, consequentemente, dando-nos condi­ções físicas e emocionais de agir de for­ma mais saudável em todas as áreas da nossa vida.

Aquietar a mente, desenvolver equili­bradamente o corpo, reconhecendo o pró­prio limite, nos aproxima de nós mesmos. Era isso que Jose­ph Pilates almejava com seu método: a saúde integral.

Qualquer pessoa pode fazer Pilates. O método respeita o condicionamen­to físico de cada aluno, podendo se adaptar a inician­tes, intermediários e avançados.

Experimente você também! Agende uma aula experimental!

Raquel Dolce Fraga Grasson é professora de Pilates. Dá aulas em seu estúdio, à Rua do Retiro, 1.292, sala 7, Jundiaí – SP. Tels. 11-4521-2138, 99821-1098

Edição 224

Setembro 2017

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica