Estética

Radiofrequência: a queridinha dos tratamentos estéticos

Comentário(s) 26 novembro 2015

Angela Giacomelli Stel

Angela Giacomelli Stel

Você certamente já de­ve ter ouvido falar da radiofrequência. Ela é indicada principalmente para casos de celulite, fla­cidez e gordura localizada, mas também está presente em tratamentos de estrias, aderências, fibroses tardias e marcas de acne. O trata­mento é um dos preferidos em estética, pois é a maior tecnologia em estética não invasiva, alcançando eficá­cia comprovada na primei­ra sessão.

No tratamento são utiliza­das radiações eletromagnéticas de alta fre­quência que aquecem a pele com uma pro­priedade chamada conversão de calor, por isso consegue aquecer as células mais pro­fundas da pele sem lesionar a camada super­ficial. Por meio das temperaturas altas, em média 40 graus, conseguimos realizar uma lesão tecidual que é respondida por intermé­dio de produção de colágeno e tensão das fi­bras elásticas no local de aplicação, promo­vendo firmeza da pele, que é percebida logo na primeira sessão.

Em temperaturas mais amenas já estamos trabalhando o esvaziamento da célula de gor­dura (adipócito) e a eliminação de celulites. A radiofrequência pode ser feita tanto no cor­po quanto no rosto e abrange de uma única vez muitas das nossas queixas.

OITO BENEFÍCIOS DA RADIOFREQUÊNCIA

1 – Promove firmeza na pele

2 – Suaviza as rugas e marcas de expressão

3 – Melhora a circulação local

4 – Realiza contorno corporal

5 – Redução de medidas

6 – Produção de colágeno

7 – Diminuição das irregu­laridades da pele

8 – Auxilia no rejuvenes­cimento

PERIODICIDADE

Em caso de gordura lo­calizada e celulite ela pode ser realizada semanalmen­te. Já nos tratamentos de flacidez, rejuvenescimento de pele, contra rugas e mar­cas de expressão as sessões devem ser feitas quinzenal­mente ou de acordo com a avaliação.

DURAÇÃO

A sessão tem tempo mé­dio de uma hora, mas altera conforme a re­gião de aplicação.

CONTRAINDICAÇÃO

O tratamento não é indicado em caso de gravidez, câncer ou metástases, artrite, imu­nossupressão, próteses metálicas, ausência de integridade da pele no local de aplicação, inflamações ou tromboflebite.

DICAS

- Jamais compre pacotes de aparelhos às cegas, sem avaliação de um profissional ap­to a reconhecer suas necessidades.

- A radiofrequência penetra melhor em corpos mais hidratados. Por esse motivo, sempre recomendamos aos pacientes que tomem bastante água para um bom resul­tado final.

- Em caso de a paciente ter também flaci­dez muscular, dever ser agregado ao trata­mento a corrente.

Angela Giacomelli Stel é nutricionista e esteticista. Atende na MedBio (11-96884-9929) e na NutriStel (11-97187-6553)

Edição 224

Setembro 2017

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica