Estética

Saiba como age o laser de picossegundos na remoção das manchas

Comentário(s) 28 maio 2019

remocao manchas

O outono e o inverno são as estações ideais para eliminar manchas de sol, além de tratar e controlar o melasma, uma vez que a incidência solar é menor e a radiação é um agravante para as manchas. E, segundo a dermatologista dra. Paola Pomerantzeff, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, uma das novidades mais eficazes para tratar manchas é o laser de picossegundos, um avanço em lasers por ser ultrarrápido (com pulsos em picossegundos), assegurando procedimentos com menos sessões, além de conferir mais segurança e menos dor ao paciente.

Picossegundo é igual a um segundo dividido por trilhões, ou seja, trilionésimos de segundos. “O laser de tratamento de manchas, ao ser aplicado, é capaz de ‘despedaçar’ o pigmento. Quando falamos em um procedimento com duração de pulso em nanossegundos, ele é capaz de causar uma fragmentação do pigmento. Já o laser em picossegundos é mais rápido e causa uma microfragmentação, ou seja, o pigmento é espatifado em pedaços muito menores, o que facilita ao organismo eliminar esses pigmentos com menos efeito colateral”, afirma a médica. “Além disso, esse pulso é tão veloz que atinge o alvo (manchas, pigmentos de tatuagem) sem machucar o tecido sadio ao redor”, completa.

O tratamento com laser de picossegundos clareia manchas e olheiras, sendo um importante procedimento para controle do melasma, além de remover tatuagens. “Como o disparo do laser é ultrarrápido, ele não aquece a pele, com menor risco de gerar ou aumentar o melasma”, diz.

De acordo com a dra. Paola, nos tratamentos de manchas e remoção de tatuagem, como atua apenas no alvo (o pigmento), o procedimento é mais suave, por isso não tem downtime (tempo de recuperação) e o paciente pode voltar imediatamente às atividades normais após a sessão. Além disso, pelo fato do equipamento trabalhar com fluências menores, a recuperação da pele é mais rápida.

O procedimento pode ser feito na face e no corpo e em média são necessárias de duas a quatro sessões, a depender do tamanho ou do grau do melasma e manchas. O intervalo entre as sessões para manchas é de quatro semanas. Para remoção de tatuagens podem ser necessárias até 10 sessões, e o intervalo entre elas é de 60 dias.

Edição 246

Julho 2019

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica