Saúde

Saiba porque sentimos sede depois de comer doce

Comentário(s) 02 maio 2018

comer doce

Consumir alimentos doces e não sentir sede é uma missão quase que impossível. A explicação para este comportamento, de acordo com a endocrinologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Vivian Estefan, está relacionada à tentativa do organismo em equilibrar a concentração de açúcar nos líquidos do corpo.

No processo de digestão, quando o alimento é absorvido pelas paredes do estômago e o açúcar cai na corrente sanguínea, ocorre o aumento da quantidade deste produto no sangue, provocando a sede. Vivian Estefan esclarece que essa reação pode ocorrer de forma mais rápida.

“Quando se trata de alimentos de valor osmótico, que têm uma quantidade elevada de sal ou açúcar, a sensação de sede ocorre já na boca, sem passar pelo processo no estômago”.

Para aliviar o incômodo e retomar o equilíbrio, a melhor solução é beber água. A troca por outras bebidas, como o refrigerante, pode até saciar a sede momentaneamente, mas em longo prazo piora a situação.

“Os refrigerantes têm açúcar ou adoçante em sua composição, e isso interfere novamente no equilíbrio dos fluídos intra e extracelulares, que consiste nos líquidos dentro e fora da célula, fazendo com que o corpo exija ainda mais água”, complementa.

Segundo a endocrinologista, o corpo humano considerado saudável deve ser composto de 60% de água. Para manter essa porcentagem, a recomendação é a ingestão de 2 litros de água por dia. “Além da ingestão de líquidos, as pessoas também conseguem repor a água pelos alimentos, como vegetais, legumes e frutas”, finaliza.

Edição 232

Maio 2018

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica