Saúde

Zumbido no ouvido? Faça Quiropraxia!

Comentário(s) 28 outubro 2016

 Quem sofre desse mal sabe que é en­louquecedor. O zumbido é constan­te, diário e muitas vezes permanen­te. Muitas pessoas nem conseguem dormir por sua causa. Apesar de serem indicados medicamentos para labirintite, circulação etc., o problema continua a incomodar.

Pode ocorrer que vértebras cervicais não estejam perfeitamente alinhadas, o que con­tribui para a possibi­lidade de compressão do nervo auditivo, e is­so pode causar o zum­bido. São as primeiras vértebras cervicais, lo­go abaixo do crânio, de difícil abordagem. Mas é função do quiropraxista fazer os ajustes e corrigir o problema. Normalmente, a melho­ra é imediata.

A Quiropraxia é uma terapia que tem por objetivo testar, identificar e realinhar as es­truturas do corpo humano. Assim sendo, existem testes específicos para identificar se alguma vértebra está ou não desalinhada, po­dendo, portanto, estar provocando esse mal-estar. Vale a pena investigar.

Muitas dores podem acontecer quando ar­ticulações não estão em sua posição correta. Dores aparentemente espontâneas, mas que na verdade surgiram em consequência de “mau jeito”, alguma pancada ou até mesmo ao levantarmos pela manhã. Diariamente vamos acumulando pequenos desalinhamentos.

Muitas vezes, um desalinhamento na co­luna interfere no prefeito funcionamento do nosso corpo, causando dificuldade ao res­pirar e mau funcionamento de órgãos. Po­dem também ocorrer dores nos braços ou pernas e formigamentos. Sempre lembran­do que o normal é não ter dor ou qualquer ti­po de alteração.

O alinhamento ar­ticular tem indicação em quase todos os ca­sos de cefaleias, tontu­ras, labirintites, cervi­calgias, dorsalgia, lom­balgia, ciatalgia, hérnia de disco, protusões ou abaulamentos discais, parestesia em membros, desvios posturais, vícios posturais etc.

Aliás, na maioria das vezes, não é a má pos­tura que nos causa dores e, sim, as dores que fazem com que nos coloquemos numa pos­tura diferente para evitá-las!

E o melhor de tudo: Quiropraxia não dói! Pelo contrário, alivia a dor na hora.

Artigo da quiropraxista Cintia Cruz, formada desde 1999 (ANQ no 025/99). Atende na R. Rangel Pestana, 988, Centro, Jundiaí.
Tels. 11-3446-7050, 99915-4593

Edição 224

Setembro 2017

Confira as edições anteriores

© Jornal Mexa-se 2013 todos os direitos reservados.

io! Comunica