Jornal Mexa-se

27 de setembro 2019 às 08:27

Depressão, um pedido de socorro

Saúde

27 de setembro 2019

CompartilharCompartilhar

Depressão, um pedido de socorro

A depressão é um assunto sério, que hoje afeta muitas pessoas, indepen­dente da classe social ou profissão, e não é frescura! Acredite, ela é o último está­gio da dor humana, é a fase onde a alma dói e o corpo grita por socorro.

Há uma grande diferença entre tristeza e depressão. A tristeza pode ocorrer por algum fato do cotidiano – a pes­soa realmente sofre com aquilo até assimilar o que está acontecendo e geral­mente não dura mais do que uma ou duas sema­nas. Já a depressão se ins­tala e se não for tratada pode piorar e passar por três estágios: leve, moderada e grave.

Sintomas iniciais de depressão

Geralmente a pessoa pode apresentar dois ou mais dos seguintes sintomas:

- Humor depressivo ou irritabilidade, an­siedade e angústia;

- Desânimo, cansaço fácil;

- Perda ou aumento do apetite;

- Baixa autoestima, insônia;

- Dificuldade na concentração, raciocínio mais lento;

- Interpretação distorcida e negativa da realidade;

- Perda do desejo sexual e pensamentos em morte a todo momento.

Tratamento com psicoterapia

A psicoterapia às vezes é usada sozinha pa­ra o tratamento da depressão leve. Para de­pressão moderada e grave é frequentemente usada junto com medicamentos antidepres­sivos. A terapia cognitivo comportamental (TCC) é uma forma de terapia focada no pre­sente e na resolução de problemas, ajuda a pes­soa a reconhecer o pen­samento distorcido e de­pois a mudar comporta­mentos e pensamentos.

A depressão é uma do­ença real e a ajuda é de grande importância nesses casos. Se você es­tiver com sintomas de depressão, o primei­ro passo é consultar um psicólogo de con­fiança ou o psiquiatra. Fale sobre suas preo­cupações e solicite uma avaliação completa (nesse momento é importante que você fale realmente tudo que sente).

Você pode não estar bem agora, mas tenha certeza de que, com ajuda certa, você ficará bem, tudo isso vai passar!

Por Valdirene Crimber, psicóloga. Contatos: (11)97329-8622, contato@valdirenecrimber.com.br, www.valdirenecrimber.com.br.