Jornal Mexa-se

09 de março 2020 às 13:55

10 sinais de que alguém está mentindo no trabalho

Geral

09 de março 2020

CompartilharCompartilhar

10 sinais de que alguém está mentindo no trabalho

Existem alguns sinais normalmente praticados por quem está prestes a contar uma mentira, escondendo alguma informação ou não tem certeza do que está falando. "O contexto da conversa é muito importante para avaliar o comportamento do interlocutor. Muitas expressões corporais podem sugerir que o discurso é mentiroso, mas principalmente se for uma reunião estratégica com muita coisa em jogo, ou um feedback não tão positivo assim", explica Mário da Silva Júnior, diretor do IPRC, Instituto de Pesquisa do Risco Comportamental. Confira abaixo os dez sinais de que alguém pode estar mentindo.


1) Cabeça apoiada na mão


Isso pode significar desinteresse com o assunto, mas por muito tempo, pode simbolizar que o tema da conversa está deixando a cabeça "pesada" e por isso ela precisa do suporte da mão.


2)Acenar negativamente de forma frenética


Durante a reunião de área, você percebe que tem alguém acenando negativamente a cabeça, de maneira rápida e repetitiva. Isso indica ansiedade, como se a pessoa quisesse se livrar logo do papo ou reafirmar a veracidade do discurso com um aceno frenético de cabeça.


3) Mão tapando a boca


Quando em uma conversa, um dos interlocutores fica com a mão tapando a boca, saiba que trata-se de um gesto de quem está tentando ganhar tempo para formular uma resposta. Também indica espanto, vergonha e apreensão,como se a mão fosse uma barreira para impedir a fuga da verdade.


4) Esfregar, tocar o pescoço, desafrouxar gravata


Justo o responsável por entregar os resultados do mês está esfregando ou tocando o pescoço e isso mostra que aquele trabalho é sensível e ele está se sentindo sufocado. Por isso, ele tenta se livrar da sensação, afrouxando a gravata ou desabotoando o colarinho.


5) Pernas inquietas


Aquela pessoa que não para de mexer as pernas após o início de uma determinada conversa mostra que o assunto lhe causou receio e estresse.


6) Rir em assunto ruim/sério


O seu núcleo foi chamado para uma reunião de feedback negativo, mas um de seus colegas não consegue parar de sorrir. Essa incongruência entre expressão e assunto mostra que algo está errado.


7) Repetição do "não, não, não" na resposta ou "nunca"


Para sustentar um discurso mentiroso, o interlocutor acaba repetindo muitas vezes seguidas a palavra "não" ao invés de resposta simples e objetiva. Ele está manifestando verbalmente a sua ansiedade. Essa é uma espécie de "muleta" para segurar um discurso inverossímil até para si mesmo.


8) Aumento do volume da voz


O seu colega de núcleo está numa ligação e, de repente, aumenta o volume de voz. Esse é um sinal comum a quem está precisando de atenção, é controlador, competitivo, hostil e socialmente inconsciente. É a insegurança em estado bruto.


9) Choro frenético


Se tudo que é necessário são dados para fechar um relatório e a pessoa responsável começa a chorar freneticamente, isso mostra a sua insatisfação dela com a conversa e uma busca por perdão a todo custo.


10) Fala excessivamente rápida


Durante o almoço, a conversa segue um determinado ritmo. Mas quando a pergunta passa para o andamento de uma concorrência a fala do interlocutor muda repentinamente e vira um rápido fluxo de consciência. Isso demonstra que ele quer se livrar o mais rápido possível do assunto.