Jornal Mexa-se

29 de abril 2020 às 06:00

Bem-estar e equilíbrio emocional

Saúde

29 de abril 2020

CompartilharCompartilhar

Bem-estar e equilíbrio emocional

  No organismo humano encontram-se vírus, bactérias, bacilos, fungos, parasitas, microorganismos etc, e não podemos dizer que esses agentes sejam as causas das enfermidades, uma vez que eles mesmo fazem parte do nosso organismo, senão estaríamos permanentemente enfermos.


  No entanto, existem fatores predisponentes ou desencadeantes que possibilitam as causas das enfermidades. Em todas elas existe uma conjunção de causas externas e internas. As internas referem-se ao padrão genético do indivíduo, seu psiquismo, sua personalidade e o estágio do desenvolvimento em que estiver na vida. Algum tipo de sofrimento na esfera emocional será, na maioria das vezes, o fator suficiente para ocorrer a enfermidade. O sofrimento traz um estado de desassossego íntimo, de insatisfação, de insegurança interior, para qual o indivíduo não tem solução satisfatória, manifestando, como consequência, o adoecimento, que é uma válvula de escape dos conflitos intrapsíquicos e emocionais.


O ser humano é um ser grupal que necessita estabelecer contato (COM-TATO) social, profissional e afetivo para sentir-se aceito, igual, amado. Quando isso não acontece, a angústia, a dor e os conflitos gerados emergem em forma de doença. Hoje, no momento em que estamos vivendo, principalmente no isolamento imposto por causa do coronavírus, os conflitos são destacados, transformando-se em uma força desintegradora, que se inicia com medo, insegurança, insatisfação, raiva, opressão, ansiedade, tristeza, fobia, angústia, melancolia, entre outras, levando à depressão.


Existe um desaparecimento de si, de esvaziamento, desvitalização dos sentidos, dos desejos, dos sonhos, baixa autoestima, impotência. Esse estado de ânimo mostra que vários fatores psíquicos, orgânicos e sociais foram desencadeados, sendo essa função efetuada pela mente, que está ligada ao sistema nervoso central e media corpo/mente e vice-versa.


O equilíbrio emocional é a chave de como podemos viver com as nossas emoções sem que elas nos afetem. Quando valorizamos seus aspectos na forma negativa, elas tornam-se destrutiva, causando adoecimentos inimagináveis. É importante, neste momento, buscarmos policiar nossos pensamentos, na busca do equilíbrio, para mantermos nossa saúde física e psíquica. A capacidade e a sabedoria do nosso corpo/mente/emoção/energia/espírito está muito além da nossa imaginação. Quando compreendemos seu funcionamento, aprendemos a nos cuidar.


Por Aridinéa Vacchiano, psicóloga, especialista em medicina tradicional chinesa, professora de acupuntura facial, shiatsu facial, auriculoterapia e moxabustão. Autora dos livros: Shiatsu Facial – A Arte do Rejuvenescimento / SHEN Mente Psiquismo / O Passado Não Passou. Contatos: (11) 97078-6183 (WhatsApp), aridineav@hotmail.com, www.aridineavacchiano.com