Jornal Mexa-se

14 de junho 2020 às 07:30

Que tal assumir de vez os cabelos grisalhos?

Estética

14 de junho 2020

CompartilharCompartilhar

Que tal assumir de vez os cabelos grisalhos?

Durante a pandemia do Coronavírus, o ideal é permanecermos em isolamento social, evitando ao máximo sair de casa, exceto em situações emergenciais e indispensáveis. Dessa forma, visitas ao cabeleireiro não são recomendadas. Como resultado, muitas pessoas que passaram anos visitando o salão e apostando em tinturas para cobrir os tão temidos cabelos grisalhos estão tendo que encarar o aparecimento dos fios brancos. É claro que existe a opção de aplicar pigmentos em casa para cobrir os fios. Mas por que não aproveitar esse momento de quarentena, em que temos mais tempo para mudar alguns hábitos, para assumir de vez os cabelos grisalhos? Se você gostou da ideia, o primeiro passo para alcançar esse objetivo é entender que os cabelos brancos são um processo natural do envelhecimento e vão surgir em todos nós mais cedo ou mais tarde. “Conforme envelhecemos, os melanócitos, células presentes nos folículos capilares que são responsáveis por produzir o pigmento que dá cor aos fios, vão perdendo sua função e, consequentemente, diminuem a produção de melanina. Então, quando os melanócitos param de funcionar completamente, surgem os primeiros cabelos grisalhos”, explica a dermatologista dra. Paola Pomerantzeff, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.


De acordo com a dermatologista e tricologista dra. Kédima Nassif, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Associação Brasileira de Restauração Capilar, esse fenômeno ocorre, geralmente, entre 35 e 45 anos de idade por fatores genéticos e, logo, não pode ser revertido. Dessa forma, para quem quer se ver livre dos fios brancos após seu surgimento, a alternativa é recorrer às tinturas e tonalizantes ou então aos produtos de camuflagem instantânea”, afirma a tricologista. Porém, se você ainda não quer assumir os fios brancos, evite arrancá-los. “A crença popular que diz que arrancar cabelos grisalhos faz com que múltiplos fios brancos nasçam no lugar é um mito. Mas o hábito pode levar a uma inflamação da raiz do cabelo, causando danos ao folículo e o afinamento do fio, além de falhas no local”, alerta a dra. Paola Pomerantzeff.


Então, no final das contas, vale realmente a pena aproveitar a quarentena para parar de vez de lutar contra o surgimento dos fios brancos. Mas, caso você opte por isso, é importante ter em mente que os cabelos grisalhos necessitam de cuidados redobrados para permanecerem bonitos e saudáveis. “Assim como as células da nossa pele, as células da raiz do cabelo também envelhecem, gerando um fio de cabelo mais desidratado, fino e sem brilho. Além disso, com o envelhecimento, a deposição de queratina é alterada, gerando um cabelo cuja espessura é irregular, o que confere um aspecto áspero e contorcido à fibra”, afirma a dermatologista dra. Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia. “Por isso, ao notar o surgimento dos cabelos brancos, invista no uso de produtos que oferecem proteção UV aos fios, já que os cabelos grisalhos são mais suscetíveis à radiação solar e a ação dos radicais livres. A hidratação com produtos específicos para cabelos brancos formulados com ativos de alta ação hidratante e antioxidante também é fundamental para evitar o ressecamento”, aconselha a dermatologista. 


Porém, caso você perceba durante a quarentena que os fios brancos estão surgindo antes do que deveriam, é importante que você consulte um médico, mesmo que por telemedicina. Isso porque a genética não é o único fator que contribui para o aparecimento dos fios brancos. Certas medicações e doenças podem contribuir para que os cabelos grisalhos apareçam antes da hora, como deficiência de Vitamina B12, anemia e desordens da tireoide. “O estresse, que está atingindo a muitos durante esse período de isolamento social, também pode provocar o surgimento precoce dos fios brancos, pois, em situações de estresse contínuo, o organismo libera mensageiros pró-inflamatórios que pioram o processo de estresse oxidativo e aceleram o envelhecimento dos fios”, destaca a dra. Claudia Marçal. Nesses casos, os cabelos brancos podem ser revertidos. Por isso, a consulta com o médico se faz necessária, já que apenas ele poderá realizar uma avaliação e identificar a causa do embranquecimento dos fios, indicando, em seguida, o melhor tratamento para cada caso. “Por fim, lembre-se que não há vergonha em assumir os fios brancos, afinal, o envelhecimento é um processo natural que acontecerá com todos nós. Além disso, com a grande variedade de produtos e tratamentos que existem hoje, é perfeitamente possível que os cabelos grisalhos cresçam saudáveis, bonitos e brilhosos”, finaliza a dra. Kédima Nassif.