Jornal Mexa-se

16 de julho 2020 às 08:30

A roupa que escolhemos usar reflete quem somos

Geral

16 de julho 2020

CompartilharCompartilhar

A roupa que escolhemos usar reflete quem somos

Algumas pessoas durante a pandemia trataram de adotar o desânimo, assim que esse terrível sentimento bateu em suas portas, pensando que agora ficariam em casa e não precisam mais pensar no que vestir, como se a escolha das peças que simbolizam e projetam a sua imagem para o mundo se resumisse à roupa.

A especialista em imagem e moda Jhanne Pires, criadora do método 'Vista-se de Si', aponta que nossa postura em relação ao vestuário precisa mudar, para nos empoderarmos diante das circunstâncias que aparecem em nossas vidas: "Precisamos entender que é muito mais do que apenas vestuário ou tendências de moda. Aquilo que escolhemos usar reflete quem somos. É preciso vestir-se de si mesmas, que é apropriar-se da vida, das emoções e dos comportamentos, pois essa é a maneira como mostramos ao mundo o que e quem nascemos para ser, é o direito de fazer a gestão do futuro que desejamos, no lugar de aceitar qualquer futuro."

Vestindo suas emoções

Jhanne tem acompanhado várias mulheres através do seu método, e relata que em momentos como estes, em que há grande carga emocional e pessoal a ser superada, como durante a pandemia da covid-19, várias mulheres ficam "de mal" com o closet e o espelho: "muitas de nós alguma vez acabou desistindo da imagem que um dia sonhamos projetar, abrindo mão do que imaginávamos para nós. Muitas acham que se vestem para os outros e ainda não perceberam que vestir-se de si significa, num primeiro e absoluto momento, vestir-se para si e assumir as responsabilidades, vestindo-se com as emoções e os looks, pois é dessa mistura de emoções e estilos que somos feitas."

Imagem x Comportamento

Segundo a especialista, as escolhas de vestuário devem ser feitas de dentro para fora: "nossas melhores escolhas se baseia no dueto imagem e comportamento. Antes de pensar no estilo de vestir que cada mulher tem e adota, nas roupas que transmitem a nossa melhor imagem em cada área da vida, é preciso entender que somos feitas de carne, sangue, músculos, ossos, artérias, água, nervos e principalmente emoções. Toda a nossa composição física e química é importante para que o corpo e a mente funcionem, mas as emoções ditam o bom ou mau andamento de tudo, até da saúde física."

Mude de dentro para fora a partir de emoções positivas

No entanto, Jhanne Pires ressalta que antes de vestir-se de suas emoções é preciso agir em direção à uma mudança: "Vestir-se de si quando a única vestimenta emocional possível é a amargura? Não, de jeito nenhum. Bora perdoar o que e a quem você tiver para perdoar, porque nada é mais libertador."