Jornal Mexa-se

19 de julho 2020 às 07:30

Esponjas: saiba como escolher o modelo certo

Geral

19 de julho 2020

CompartilharCompartilhar

Esponjas: saiba como escolher o modelo certo

Esponja não é tudo igual. Existe a esponja certa para cada tipo de tarefa e superfície. Segundo o biomédico Roberto Figueiredo, o Dr. Bactéria, a boa notícia é que o mercado tem evoluído e apresentado novos materiais, formatos e tecnologias. "Ainda há quem resuma a esponja em 'lado verde e lado amarelo' e use a mesma peça para tudo, mas este é um erro que pode, inclusive, provocar danos aos utensílios, como tirar o brilho natural ou provocar ranhuras", comenta.


Para ajudar as pessoas a aproveitarem melhor o potencial de cada tipo de esponja, o biomédico preparou um guia apontando o tipo correto para cada ocasião. Confira:


Cristais e porcelanas

Segundo Dr. Bactéria, ao lavar a louça é preciso se atentar ao nível de resistência da superfície de cada utensílio doméstico. Cristais e porcelanas, por exemplo, necessitam de uma limpeza mais leve e delicada. "Esse tipo de material pede um cuidado especial", enfatiza.

Para esse tipo de louça, a dica do especialista é fazer uso de esponjas que não riscam. "As embalagens costumam trazer a informação sobre indicação de uso, mas vale prestar atenção na cor da esponja também". Segundo o Dr. Bactéria, as esponjas prateadas e as azuis são ideais para superfícies delicadas já que são revestidas com tecido especial e produzem mais espuma, o que evita riscos indesejadas.

Superfícies antiaderentes 

Panelas com superfícies antiaderentes também precisam de um cuidado especial. "O uso da esponja errada pode acabar com a camada protetora, fazendo com que a panela perca a sua função, que é não grudar o alimento durante o preparo. O teflon, cerâmica e outros materiais usados na forração deste tipo de panela devem ser lavados apenas com esponjas macias", explica o biomédico. Uma dica do especialista, caso a sujeira esteja difícil de ser removida, é deixar o utensílio submerso em água por alguns minutos, de preferência em água quente.

Na dúvida, esponjas sem manta abrasiva - especialmente as azuis ou colors - são as mais seguras para louças muito delicadas. "A louça delicada pede um cuidado redobrado. Qualquer passadinha do lado verde da esponja, que é bastante abrasivo, pode causar pequenos riscos nas peças. O mesmo vale para as esponjas de aço e inox, elas devem passar longe deste tipo de louça", comenta.

Alumínio

"Não adianta esfregar uma panela de alumínio com uma esponja macia. Além de estragar a esponja, será necessário um grande esforço para que o utensilio seja limpo da maneira correta", afirma Dr. Bactéria. Para casos de sujeiras mais difíceis, como gordura impregnada, o profissional indica o uso de esponjas destinadas à limpeza pesada. "São esponjas que costumam ser fabricadas em aço inox ou que possuem mantas com alto poder de abrasividade. Além de limpar, elas proporcionam maior brilho às peças e previnem contra ferrugem", complementa.

Hora do churrasco

Além das panelas, os grills também precisam de uma limpeza especial para não perder sua camada protetora. "Os grills costumam ser revestidos de teflon, por isso esponjas macias, que não riscam, são as indicadas para este tipo de limpeza", indica o profissional. O biomédico conta que o mercado já oferece, inclusive, esponjas com formato ondulado, que se encaixam perfeitamente no design de grills, alcançando a superfície mais profunda da peça.

Já para realizar a limpeza de churrasqueiras, espetos e grelhas é preciso fazer uso de esponjas com alta abrasividade, normalmente encontradas nas cores cinza e preta, que conseguem remover as sujeiras mais difíceis. "São tecnologias que ajudam muito quem não abre mão de um bom churrasco".

Paredes manchadas

Quando falamos em uso de esponja, a mente automaticamente pensa em louça suja. Porém, este tipo produto é bastante versátil e já conta com modelos que permitem a limpeza de outras superfícies, como a parede. "Para limpar paredes sujas, o indicado é escolher os modelos produzidos com melamina, um composto químico que proporciona vários benefícios ao produto, como baixo custo, alta durabilidade e grande variedade de modelos entre os itens produzidos," afirma o biomédico. Segundo o profissional, essa esponja costuma ser branca e conhecida popularmente como "esponja mágica", pois remove riscos de giz de cera e lápis de cor, comum em casas com crianças.

Superfícies

Para a limpeza das louças e metais presentes no banheiro, pode-se apostar nas esponjas que possuem um lado abrasivo e outro macio. Uma dica é escolher modelos mais resistentes, que não se desfazem com facilidade e por isso suportam melhor o uso em conjunto com produtos químicos. "É uma maneira de garantir maior durabilidade da esponja, além de conquistar uma limpeza mais eficiente", argumenta o Dr. Bactéria. O profissional ainda indica separar uma esponja só para este ambiente e utilizar modelos agregados com tecnologias, como aqueles que ajudam a eliminar bactérias. Enquanto para louças e metais pode-se utilizar os dois lados da esponja, para o box do banheiro e espelhos deve-se utilizar apenas o lado macio. "Fuja de esponjas abrasivas e palha de aço, pois este tipo de material riscará as superfícies", finaliza.