Jornal Mexa-se

30 de agosto 2020 às 07:30

4 dicas para evitar irritação e pelos encravados após a depilação

Estética

30 de agosto 2020

CompartilharCompartilhar

4 dicas para evitar irritação e pelos encravados após a depilação

A depilação é um ritual recorrente na vida de grande parte das pessoas, sendo geralmente realizada com o auxílio de uma lâmina de barbear. O problema é que o hábito geralmente é acompanhado de cortes, pelos encravados e, principalmente, irritação da pele, o que pode ser um verdadeiro incomodo. "Dependendo da pressão que aplicamos durante a depilação ou do número de vezes que passamos a lâmina podem ocorrer cortes microscópicos na barreira de proteção da pele que favorecem a perda de hidratação e um processo inflamatório com consequente surgimento de vermelhidão e coceira na pele", explica a dermatologista e tricologista dra. Kédima Nassif, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Mas a boa notícia é que é possível evitar esse problema através de alguns cuidados básicos que a especialista listou abaixo. Confira:


Prepare a pele: Caso sua pele seja propensa à irritação e a formação de pelos encravados, o ideal é sempre utilizar um esfoliante antes de se depilar. "O produto ajuda a desobstruir os poros, o que previne irritações, inflamações e pelos encravados", aconselha a dermatologista. Além disso, o recomendado é que você se depile apenas após o banho. "A água quente do banho torna os pelos mais macios, os poros mais abertos e a pele mais macia, o que faz com que a lâmina deslize mais facilmente e os pelos sejam cortados com menos esforço, o que reduz a irritação da pele."


Atente-se à lâmina utilizada: Fique atento ao corte da lâmina e troque-a quando tornar-se cega. Para prolongar a vida útil da lâmina, procure mantê-la em um local seco e evite guardá-la no chuveiro, já que a umidade pode favorecer o surgimento de ferrugem, o que, por sua vez, facilita cortes, irritações e até mesmo infecções", alerta a médica.


Sempre utilize espuma de barbear: Ainda que muitas pessoas prefiram realizar a depilação sem nenhum tipo de facilitador, a espuma de barbear é indispensável na hora de remover os pelos, já que o produto é especificamente pensado para prevenir irritações, pelos encravados e lesões na pele. "Espumas de barbear conferem uma camada de lubrificação entre a superfície da pele e a lâmina para reduzir a fricção e a abrasão sobre o tecido cutâneo", explica a dra. Kédima. Além disso, esses produtos possuem fórmulas mais grossas que servem como guias para que você evite passar a lâmina diversas vezes no mesmo local, provocando lesões na pele da região.


Hidrate a pele: "Assim como o rosto, a pele do corpo também possui uma barreira protetora, que pode ser afetada devido aos produtos que utilizamos e a lâmina de barbear. Logo, após a depilação, utilizar um hidratante é a melhor maneira de restaurar o manto protetor da pele e, consequentemente, prevenir a irritação provocada pela lâmina. Para isso, dê preferência para cosméticos formulados com ativos calmantes, como aloe vera", recomenda a especialista.


Porém, se mesmo com as dicas acima sua pele ficou irritada, é possível tratá-la através da hidratação da pele com produtos que contenham ingredientes com propriedades anti-inflamatórias, como óleo de jojoba, óleo de abacate e aloe vera. "Vale a pena também aplicar uma compressa fria sobre o local afetada, o que vai promover constrição dos vasos sanguíneos e, consequentemente, reduzir a inflamação do local", completa a dra. Kédima Nassif. "Por fim, caso a irritação permaneça por um longo período de tempo, o recomendado é que você consulte um dermatologista, que poderá realizar uma avaliação e indicar o melhor tratamento para o seu caso, como a aplicação tópica de hidrocortisona, que ajuda a reduzir a vermelhidão, o inchaço e a irritação da pele", finaliza.