Jornal Mexa-se

09 de fevereiro 2021 às 07:00

Exagerou no sol? Veja como recuperar a pele depois de um descuido

Estética

09 de fevereiro 2021

CompartilharCompartilhar

Exagerou no sol? Veja como recuperar a pele depois de um descuido

Para muitas pessoas, o verão é a estação mais esperada do ano. O clima quente estimula mais atividades ao ar livre e a utilização de menos roupa. É uma época agradável para descansar e se desligar de tudo, mas é preciso cuidado para que um momento de relaxamento não se transforme em um problema sério. Um descuido com o sol, por exemplo, pode causar incômodo, ardência e até mesmo lesões mais sérias à nossa pele.

O ideal é caprichar na proteção solar e não exagerar na exposição, explica Francine Papaiordanou, dermatologista de Profuse, marca de dermocosméticos do Aché Laboratórios. "As consequências de curto prazo são as queimaduras solares, em consequência de um processo inflamatório intenso. É possível perceber logo após a exposição exagerada, com sintomas de sensibilização e ressecamento da pele", explica.

Depois do descuido, é possível minimizar as consequências. Não há segredo para recuperar a pele depois da exposição exagerada ao sol. "A melhor forma de aliviar a sensação de desconforto é hidratar muito a pele e beber bastante água. Em casos muito intensos, pode ser necessário procurar um dermatologista para prescrição de pomadas e analgésicos ou anti-inflamatórios para o alívio dos sintomas"

Durante o banho, preferencialmente com água fria, a utilização de um sabonete que limpa sem agredir a pele será mais confortável depois de um dia inteiro de exposição inadequada.

Para que a recuperação seja mais rápida, o ideal é que seja usado um hidratante denso, sem cheiro. "Para potencializar a hidratação, basta misturar óleo corporal ou óleo de bebê com o creme. O importante é hidratar, mesmo quando não estiver disponível o hidratante ideal. Qualquer hidratação é bem-vinda".

A hidratação é uma medida eficiente para a recuperação da pele após um dia intenso de sol, mas é importante destacar que prevenir esse incidente é simples e necessário. "A proteção adequada com filtro solar de três em três horas, o uso de chapéu e optar sempre por lugares com sombra garantem a saúde da pele não apenas a curto prazo. Exposição sem proteção pode causar danos irreversíveis a longo prazo, como manchas, envelhecimento precoce e até mesmo câncer de pele", conclui.