Jornal Mexa-se

24 de julho 2021 às 07:00

Saiba como combater a flacidez e celulite

Estética

24 de julho 2021

CompartilharCompartilhar

Saiba como combater a flacidez e celulite

Um dos maiores incômodos que muita gente tem em relação ao corpo é a flacidez e as celulites do bumbum, o que se intensificou ainda mais nesse período de pandemia, já que a falta de exercícios combinada a maior comilança fez com que esses problemas se acentuassem em muitas pessoas. A boa notícia é que hoje já existem protocolos minimamente invasivos, como o CM Butt Sculpt, capazes de combater a celulite e a flacidez no bumbum ao mesmo tempo em que tonificam a musculatura da região para conferir aquele aspecto empinado. "O CM Butt Sculpt é um protocolo ideal para conquistar um bumbum lisinho e levantado, já que combina a realização do CMSlim, uma tecnologia inovadora que estimula diretamente os músculos do glúteo por meio de contrações contínuas e intensas, com aplicações do Sculptra, um bioestimulador injetável à base de ácido poli-L-láctico que melhora a flacidez e a celulite do bumbum por meio da síntese das fibras de colágeno", explica a cirurgiã plástica dra. Beatriz Lassance.


De acordo com a médica, o CM Slim utiliza da tecnologia HI-EMT (Treinamento Eletromagnético Muscular de Alta Intensidade) para tonificar a musculatura do glúteo em sessões de apenas 30 minutos. "Simulando um treino completo de academia com muito mais intensidade, mas de uma forma sem cansaço e sem dor, a tecnologia HI-EMT passa por todas as camadas da pele e da gordura e age diretamente na contração dos músculos. Com isso, o tecido muscular sofre uma remodelação do interior da estrutura, resultando em hipertrofia e estímulo do tônus, além da queima de gordura", destaca a especialista.


Já o Sculptra é capaz de combater a flacidez da pele dos glúteos ao estimular a produção de novas fibras de colágeno para devolver a sustentação, elasticidade e firmeza ao tecido, agindo de maneira similar também no combate a celulite. "A celulite nada mais é que uma alteração da pele sobre o tecido de gordura, que é flácida e precisa ser sustentada pelas fibras de colágeno. Quando as fibras não conseguem realizar essa sustentação, surge a celulite. Então, os bioestimuladores como o Sculptra, através do estímulo de colágeno, promovem uma reorganização dos septos fibrosos responsáveis por sustentarem a pele sobre o tecido adiposo, o que promove a melhora da celulite e do aspecto de casca de laranja da pele", explica a cirurgiã plástica.


Através dessa combinação, o bumbum fica mais durinho, empinado e livre de celulite e flacidez. No entanto, os resultados não são imediatos, já que o estímulo de colágeno proporcionado pelo Sculptra é melhor visualizado após cerca de um mês do procedimento e a tonificação muscular do CMSlim pode ser observada após 3 sessões, em média. O número de sessões, por sua vez, pode variar caso a caso. "No entanto, o paciente pode retornar a sua rotina imediatamente após a realização do CM Butt Sculpt, visto que tanto o Sculptra quanto o CMSlim não exigem tempo de recuperação", afirma a dra. Beatriz Lassance. "Mas vale ressaltar que, para manter os resultados alcançados com o CM Butt Sculpt, é interessante combinar o protocolo com a adoção de um estilo de vida saudável, alimentando-se bem, ingerindo bastante água e praticando exercícios físicos", finaliza.