Jornal Mexa-se

03 de maio 2022 às 07:00

Cinco pilares de cuidados estéticos que todo homem deve ter

Estética

03 de maio 2022

CompartilharCompartilhar

Cinco pilares de cuidados estéticos que todo homem deve ter

A procura de procedimentos estéticos por homens tem crescido consideravelmente no Brasil. Uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica apontou que, ao se tratar de procedimentos dermatológicos, de estética capilar e cuidados com o corpo, este número já cresceu 30% nos últimos cinco anos. No consultório da médica cirurgiã-geral, pós-graduada em Dermatologia, Cosmiatria e Laser, Carol Berger, o número de homens já corresponde a 28% do total de pacientes - um aumento de 40% em comparação ao mês de abril do ano anterior.


Segundo a médica, a aplicação de toxina botulínica, tratamentos a laser para manchas e olheiras, além de tratamentos capilares, estão entre os procedimentos mais buscados pelos homens no consultório. A procura, no entanto, ainda tem potencial de crescer. De acordo com Carol, ainda existe o preconceito de que cuidar da beleza “não é coisa de homem”. “O estigma de que homens não devem se cuidar ainda permanece. Outro agravante, por exemplo, é o fato de muitos ainda terem vergonha de frequentar ambientes majoritariamente femininos”, explica.


Para a especialista, entretanto, estes tabus precisam acabar, sobretudo porque a busca pelos procedimentos vai muito além da beleza, implicando também em questões de bem-estar, autoestima e saúde. “Muitos homens acreditam que tratar a pele é uma futilidade. Além dos procedimentos para gerenciar o envelhecimento, estar atento às lesões e manchas de pele é muito importante. Em relação à queda capilar, por exemplo, o tratamento requer uma avaliação complexa e, principalmente nos homens, costuma estar relacionada às questões hormonais e predisposição genética”, alerta Carol Berger.


A médica criou uma lista com cinco pilares essenciais de cuidados que todo homem deve ter desde cedo.

1) Tratamento das rugas - toxina botulínica


O primeiro pilar do tratamento é resolver as rugas dinâmicas da face (aquelas que aparecem ao movimento), pois elas trazem um ar de envelhecimento e tendem a piorar se não forem tratadas, tornando-se rugas fixas que denotam a idade.


Estas rugas são resolvidas, de acordo com Carol, com toxina botulínica. Essa toxina paralisa a musculatura do terço superior da face por um período de até seis meses. “O maior medo dos homens é ficar com o rosto ‘congelado’, denunciando que fizeram esse procedimento. Mas não há motivo para esse receio, já que a toxina pode ser feita de forma mais ‘leve’ e natural, mantendo as expressões faciais, porém sem evidenciar as rugas”, destaca a médica.

2) Tratamento da flacidez de pele - bioestimuladores


Os pacientes que já têm certa flacidez, geralmente entre 30 e 40 anos, podem fazer os bioestimuladores injetáveis, que induzem a produção de colágeno e a melhora do turgor e qualidade da pele. “Além das substâncias injetadas, podemos associar tecnologias como o ultrassom microfocado, que age provocando também uma retração dos tecidos e gera um efeito visual imediato e progressivo", acrescenta.

3) Tratamento de reestruturação facial - preenchimentos


Conforme a especialista, em relação aos preenchimentos com ácido hialurônico em homens, as principais queixas são as olheiras, região do bigode chinês, queixo e mandíbula. Segundo ela, com os preenchimentos é possível reestruturar esses locais, tratando olheiras profundas, melhorando o afundamento da região do bigode chinês, os queixos retrognatas (queixos pequenos) e marcando mais a linha da mandíbula - o que proporciona um aspecto mais jovem e viril.

“Para o reposicionamento das estruturas faciais podemos lançar mão também dos fios de tração, que provocam um efeito de “levantamento” imediato, sem cirurgia, realizado no consultório com anestesia local”, aponta Carol.

4) Tratamento da pele


A especialista reitera que no tratamento da pele entram todos os procedimentos com lasers e peeling, seja de manchas, melasma, cicatrizes de acne, além da rotina diária de cuidados domiciliares com cremes e produtos específicos para a limpeza da pele.

5) Tratamentos capilares


A principal queixa dos homens no consultório é a queda capilar. Carol orienta que este problema pode ter diversas causas e somente após avaliação com a tricoscopia (exame dos cabelos), exames de sangue e histórico familiar é possível fazer o diagnóstico e iniciar o tratamento. “Muitos homens querem pular a etapa do tratamento clínico e ir direto para um transplante, mas antes da cirurgia precisamos ‘preparar o terreno’. Além disso, muitos ficam tão satisfeitos com a melhora atingida que acabam desistindo do transplante”, revela.


Ela explica que o tratamento capilar é multifatorial e engloba suplementação de nutrientes e vitaminas via oral, shampoos e medicações tópicas, além de injeções de substâncias no couro cabeludo e LEDterapia.