Jornal Mexa-se

10 de maio 2022 às 07:00

5 cuidados essenciais para preservar a saúde dos cabelos mistos

Estética

10 de maio 2022

CompartilharCompartilhar

5 cuidados essenciais para preservar a saúde dos cabelos mistos

Só quem possui cabelos mistos sabe o desafio que é tratar esse tipo capilar. As raízes oleosas pedem por limpeza profunda, enquanto as pontas secas necessitam de mais hidratação. Além disso, vários fatores como o clima, comprimento, uso de secador e chapinha e ainda alterações hormonais, podem contribuir para essa condição, gerando um aspecto opaco e áspero.


De acordo com Carlos Correa, gerente de pesquisa e produtos da Mahogany, o cabelo misto possui uma estrutura indecisa e a maior dificuldade ao cuidar é encontrar o equilíbrio entre as necessidades do couro cabeludo e as das pontas. “Os produtos que limpam a raiz tendem a deixar o restante dos fios mais secos. Já aqueles que hidratam acabam trazendo o aspecto oleoso. Sendo assim, o ideal é apostar em fórmulas que ajudam a balancear essa situação”, ressalta.


Confira abaixo algumas dicas do especialista para lavar e tratar dos cabelos mistos:


Não lave o cabelo todos os dias


Limpar os fios todos os dias pode estimular ainda mais a oleosidade no couro cabeludo e a perda de hidratação das pontas. “Pode parecer contraditório que a lavagem em excesso aumente a produção de gordura, mas as glândulas sebáceas, responsáveis pela produção do óleo, acabam trabalhando mais ao perceberem que a região está mais seca. Por isso, a lavagem diária deve ser evitada, já que, além de prejudicar a estrutura capilar, aumenta o indesejado aspecto oleoso”, explica.


Aposte em shampoos que controlem a oleosidade da raiz


Um dos maiores dilemas de quem tem a estrutura capilar mista é a escolha do produto certo para a higienização dos fios. O conselho do especialista é utilizar um shampoo capaz de controlar a oleosidade da região, levando em conta a característica do couro cabeludo e extensão capilar. “Não é necessário dois tipos de shampoos para o período de higiene. A dica é investir em produtos para cabelos oleosos nas raízes e secos nas pontas. Este tipo de fórmula combina propriedades hidratantes com a limpeza profunda, possibilitando o cuidado perfeito para o equilíbrio do cabelo”, afirma.


Não esqueça do condicionador


Muitas vezes aqueles que possuem cabelos mistos pensam que podem abrir mão do condicionador, hidratando os fios apenas com o creme de pentear. No entanto, o gerente aponta que este passo é fundamental para nutrir diariamente as madeixas mais secas, sendo os produtos para desembaraçar as mechas apenas um complemento para esse produto. “A função do condicionador é, principalmente, selar as cutículas após a lavagem, já que o shampoo abre as escamas da fibra capilar, justamente para limpar profundamente os resíduos acumulados na raiz e na estrutura”, assegura.


Máscaras de tratamento


Carlos explica que, apesar de possuir raiz oleosa, cabelos mistos também precisam ser hidratados com frequência como qualquer outro tipo, já que as madeixas mistas também necessitam de uma rotina de tratamento que envolva máscaras hidratantes, nutritivas e reconstrutoras, capazes de devolver a água e os nutrientes perdidos no dia a dia. “Não é porque os fios são oleosos no couro que eles não precisam de tratamento. Utilize máscaras potentes pelo menos uma vez na semana, afim de devolver o brilho e eliminar a aparência opaca que o comprimento desse tipo de cabelo geralmente tem”, certifica.


Invista em finalizadores e óleos capilares


O especialista esclarece que quem tem fios mistos também pode abusar de finalizadores e óleos capilares, desde que a raiz seja preservada. “É importante saber que todo cabelo pode se beneficiar do uso de finalizadores e óleos nutritivos, tendo em vista que esses cosméticos foram desenvolvidos para controlar o frizz e são ótimos para devolver a maciez e brilho para as madeixas”, indica.


Evite fontes de calor


Para o gerente, as ferramentas de calor são os piores inimigos de quem tem cabelos mistos, já que agravam ambos os problemas. “O calor do secador e da chapinha tem o mesmo efeito que a água quente, que estimula a produção de oleosidade no couro cabeludo e ao mesmo tempo abrem as escamas dos folículos, colaborando para o aparecimento de pontas duplas. O ideal é evitá-los ao máximo e usar em um bom protetor térmico antes da utilização”, sugere.