Jornal Mexa-se

15 de junho 2022 às 08:00

Hidratação é melhor com óleo ou creme?

Estética

15 de junho 2022

CompartilharCompartilhar

Hidratação é melhor com óleo ou creme?

Quando as temperaturas despencam, e o clima fica mais seco e o vento, cortante, é preciso lembrar de reforçar a hidratação e nutrição da pele. Nos consultórios, contudo, a dúvida da estação é: após o banho o que é melhor para hidratar a pele do corpo, óleos ou creme?


O uso combinado dos dois é mais eficiente? "Os cremes e óleos hidratantes são produtos que têm o objetivo de recuperar o estado equilibrado e saudável da pele, pois o tecido cutâneo depende da presença de água para manter a saúde e suas funções, como elasticidade e proteção. Cada um desempenha uma ação e absorção específica", explica a farmacêutica especializada em beleza, Claudia Souza, sócia da Dermatus, marca especializada em dermocosméticos.


Os óleos são substâncias que formam um filme protetor sobre a pele, que retém a umidade natural, evitando assim, a perda de água e o seu ressecamento. O óleo é ideal para peles secas e ressecadas. Indicado para o uso durante ou após o banho, ainda com a pele úmida. Já os cremes penetram mais profundamente na pele repondo a hidratação epidérmica e dérmica. Agem na pele por meio de três mecanismos: oclusão, umectação e hidratação.


O processo de oclusão acontece quando as substâncias formam uma barreira na pele que evita a evaporação da água - óleos e manteigas vegetais, lipídeos (ceramidas), e silicones. A umectação ocorre através de substâncias que atraem água para pele mantendo a hidratação (ureia, glicerina, d-Pantenol), e a hidratação atua mantendo a integridade da barreira cutânea, ou seja, age de maneira mais ativa penetrando profundamente nas camadas pele (ácido hialurônico) responsável pela proteção da cútis. Um bom hidratante tem a capacidade de impedir a perda de água, assim como os óleos, porém o hidratante tem a capacidade de atingir as camadas mais profundas da pele.


Segundo a farmacêutica, o ideal seria combinar ambos os produtos. "Por exemplo, durante o banho, use o óleo na última chuveirada. Após uma breve secagem do corpo, com a pele ainda úmida, passe o hidratante para uma absorção total dos produtos. Mas se preferir uma rotina mais prática aposte em dermocosméticos que contenham o óleo e o creme juntos em sua formulação", explica Souza.


A especialista ainda indica que o ideal é sempre dar prioridade aos produtos que contenham ativos como Óleo de Argan, Macadâmia, Girassol, Uva, Amêndoas, Oliva, Óleo de Café Verde, Manteiga de Karité e Cupuaçú, e ainda prevaleça os Ácido Hialurônico, Lactato de Amônio, D-Pantenol, Ácido Glicólico, Ácido Lático, Niacinamida, Ceramidas, Vitamina E, Gluconolactona, Aquaporine Active, Hidroxietiluréia, Alantoína.